Tribunal Arbitral do Desporto retira medalhas a marchadora russa por doping

0
95

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAS)suspendeu por três anos a marchadora russa Anisia Kirdiapkina por violação das normas antidoping.

O TAS anulou ainda todos os resultados conseguidos pela atleta entre 25 de Fevereiro de 2011 e 11 de Outubro de 2013. Esta sanção retira a Kirdiapkina as medalhas de prata obtidas nos Mundiais de 2011 e 2013.

A marchadora, de 29 anos, era especialista nos 20 km e terminou a sua carreira desportiva em 2015.

Deixar Resposta