Tribunal Federal de Lausanne mantém suspensão de oito anos a marchador Alex Schwazer por doping

0
377

O italiano Alex Schwazer, campeão olímpico dos 50 km marcha em Pequim2008, viu ontem ser-lhe recusado um recurso pelo Tribunal Federal de Lausanne, que confirmou a suspensão de oito anos por doping em 2016, antes dos Jogos do Rio de Janeiro.

Schwazer tinha sido suspenso pelo Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) após ter testado positivo num controlo surpresa, por testosterona, em Janeiro de 2016.

Em algumas situações, e por estarem ambos localizados em Lausane, é possível recurso às decisões do TAS, que também tinha indeferido um recurso dos advogados do italiano à sua própria sentença.

A recusa do recurso converte a sanção em definitiva, pelo que Schwazer só poderá voltar à competição em 2024, quando tiver 39 anos.

Schwazer já tinha sido suspenso por três anos e nove meses em 2012, por ter tomado substâncias proibidas em vésperas dos Jogos Olímpicos de Londres.

Entretanto, regressou em Abril de 2016 no Mundial de Marcha disputado em Roma, que venceu, até ser apanhado novamente num controlo antidoping.

 

Deixar Resposta