«Não há duas sem três» nos erros federativos de inscrição de atletas

1
1645

Portugal é um dos 26 países que vai estar representado com mais de 230 atletas em 29 modalidades nos 18º Jogos do Mediterrâneo que se disputarão em Tarragona entre 22 Junho e 1 de Julho.

O atletismo será uma das modalidades e a Federação Portuguesa de Atletismo divulgou a lista de 25 atletas que participarão em Tarragona entre 27 a 30 de Junho. Ao mesmo tempo, emitiu um comunicado em que assume ter falhado na inscrição de Tsanko Arnaudov e Yazaldes Nascimento.

Já não é a primeira nem a segunda vez que tal acontece. No Europeu de pista coberta de 2011, Sara Moreira, forte candidata a medalha nos 3000 m (fora prata em 2011 e conseguiria o ouro em 2013), foi inscrita por engano nos 1500 m (seria 7ª). No Europeu de Juniores de 2015, Oleksandr Lyashchenko não foi inscrito e Miguel Carreira, especialista do martelo, foi indicado para o peso.

Já depois da publicação desta notícia, um leitor conhecedor da modalidade referiu outra situação passada em 2015:  “na Taça da Europa de Lançamentos aconteceu um erro na inscrição do atleta José Pinho, na vez de o inscreverem na prova de Sub 23 no lançamento do disco, inscreveram-no na prova de disco do escalão de seniores e então não realizou a prova, mais uma falha na federação.”

Eis o teor do comunicado:

“A FPA errou. Errou no processo de inscrição de dois atletas – Tsanko Arnaldov e Yazaldes Nascimento – nos Jogos do Mediterrâneo.
Não nos basta afirmar de que ‘errar é humano’ e ‘só erra quem faz’. Tal não deve acontecer nunca.
Lamentamos muito o erro cometido, decorrente de falhas de comunicação, entre os serviços administrativos da FPA e os próprios atletas.
Não queremos que algo semelhante aconteça em competições doutra relevância. Comprometemo-nos a mudar as condições que provocaram esta falha. Procuraremos concentrar, ainda mais, a nossa organização no essencial e o essencial é o atleta.
Somos há muito uma federação centrada nos atletas, nos seus problemas, no seu progresso e no seu futuro.
Mantemos a confiança nos nossos colaboradores, mas procederemos a mudanças significativas no funcionamento dos nossos serviços. Aqueles colaboradores que agora falharam são também aqueles que ao longo de anos têm oferecido o seu melhor esforço para ajudar os atletas na sua evolução e nas suas carreiras.
Aos atletas apresentamos, publicamente, as nossas sentidas desculpas”.

Eis a lista dos 25 atletas convocados:

Masculinos:

José Pedro Lopes (SLB) – 100 m/4×100 m

Ancuiam Lopes (SCP) – 100 m/4×100 m

Diogo Antunes (SLB) – 100 m/4×100 m
David Lima (SLB) – 200 m/4×100 m

Rafael Jorge (SLB) – 200 m/4×100 m

Frederico Curvelo (SLB) – 200 m/4×100 m

Ricardo dos Santos (SLB) – 400 m

Hugo Rocha (SLB) – 1500 m

Samuel Barata (SLB) – 5000 m

Paulo Conceição (SLB) – altura

Miguel Marques (SCP) – comprimento

Francisco Belo (SLB) – peso/disco

Femininos:
Lorene Bazolo (SCP) – 100 m/200 m

Filipa Martins (SCP) – 200 m/4×400 m

Cátia Azevedo (SCP) – 400 m/4×400 m
Rivinilda Mentai (SLB) – 400 m/4×400 m
Andreia Crespo (SCP) – 400 bar./4×400 m
Inês Monteiro (SCP) – 5000 m
Eleonor Tavares (SCP) – vara
Marta Onofre (SCP) – vara
Evelise Veiga (SCP) – comprimento
Patrícia Mamona (SCP) – triplo
Susana Costa (AcFR) – triplo

Irina Rodrigues (SCP) – disco
Liliana Cá (ADNL) – disco

 

1 Comentário

  1. Boa tarde. Deveria acrescentar à notícia que existe ainda os casos que não vieram a público.
    Exemplo:
    “Ainda este ano [2015] na Taça da Europa de Lançamentos aconteceu um erro na inscrição do atleta José Pinho, na vez de o inscreverem na prova de Sub23 no lançamento do disco inscreveram-no na prova de disco do escalão de seniores e então não realizou a prova, mais uma falha na federação.”
    Este é o comentário à notícia da record https://www.record.pt/modalidades/atletismo/detalhe/dois-juniores-em-terra-por-erro-federativo-960932.html

Deixar Resposta