Tsanko Arnaudov fez mínimo para o Europeu

0
1614

Ao lançar o peso a 20,21 m, o benfiquista Tsanko Arnaudov conseguiu este domingo o mínimo para o Europeu de pista coberta, a realizar em Glasgow (fixado em 20,15). Foi no Meeting António Monteiro, em Pombal, com a presença de alguns dos melhores atletas nacionais.

Na prova de peso, Marco Fortes foi segundo com 17,75 e Francisco Belo não se qualificou (três nulos). Na prova feminina, Eliana Bandeira (16,42 – recorde pessoal em pista coberta) voltou a derrotar a recordista nacional (de ar livre) Jéssica Inchude (15,98).

Expetativa no salto em comprimento feminino, prova na qual Patrícia Mamona apenas marcou um salto (a 6,21), mesmo assim suficiente para derrotar Evelise Veiga (6,14). E, no salto em altura, Tiago Pereira (2,08) derrotou Paulo Conceição (2,05) e Victor Korst (2,02).

Triunfos nos 60 metros de Carlos Nascimento (6,82 na final e 6,79 na eliminatória), à frente de Frederico Curvelo (duas vezes 6,84), e de Shaina Mags (7,66). Nos 60 m barreiras, triunfaram Hélio Vaz (8,14 e 8,12) e Mariana Bento (8,96 e 9,03). Triunfos, ainda, para Anabela Neto, com 1,82 na altura (Igualando o seu melhor do ano), Beatriz Batista, com 3,50 na vara, e Carlos Veiga, com 15,87 no triplo.

Nas corridas de meio-fundo, destaque para dois bons despiques em séries diferentes de 800 m: uma entre os benfiquistas João Fonseca (1.51,24) e José Carlos Pinto (1.51,26); outra entre os sportinguistas Paulo Rosário (1.50,84) e Luís Monteiro (1.51,58) – pena não terem corrido todos numa mesma série!… Eduardo Mbengani ganhou os 3000 m (8.08,00) e Andreia Pingueiro os 1500 m (4.36,54).

Resultados em: http://www.adal.pt/pdf/2018-2019/resultados/meeting%20amonteiro2019_resultados.pdf

Entretanto, nos Estados Unidos (Lublock), Jéssica Barreira conseguiu dois recordes pessoais: 6,23 no comprimento (foi 3ª) e 12,85 no triplo (4ª).

Juvenis espanhóis dominaram provas combinadas

Tal como em anos anteriores, a Espanha dominou largamente o Torneio Ibérico de provas combinadas, realizado em Pombal, classificando os seus quatro atletas masculinos e femininos à frente dos quatro portugueses. No heptatlo, terminado este domingo e ganho por Joaquim Rodriguez, com 5029 pontos, João Oliveira (5º com 4431 p) foi o melhor português, seguido de João Oliveira (6º – 4431), Guilherme Almeida (7º – 4413), Diogo Meneses (7º – 4408) e Rodrigo Caetano (8º – 3848).

Coletivamente, a Espanha somou 30.844 pontos (três atletas masculinos mais três femininos) contra 24.327 p de Portugal.

Deixar Resposta