World Athletics ajuda com 3.000 dólares, 193 atletas de 58 países

0
238

A World Athletics anunciou este domingo a concessão de um pagamento único de 3.000 dólares (2.685 euros) a 193 atletas de 58 países para amenizar a sua situação económica devida à pandemia.

O valor total destas ajudas é de 600 mil dólares e procede da fundação criada em Abril, para amenizar as necessidades económicas dos atletas profissionais, em consequência do cancelamento das competições.

Até ao dia limite – 31 de Maio, a World Athletics tinha recebido 261 pedidos de apoio que cumpriam os requisitos, que foram avaliados pelo grupo de trabalho criado, sob a direção de Sebastian Coe.

Para terem acesso ao apoio, os atletas tinham que estar apurados para os Jogos Olímpicos de Tóquio, justificar o seu estado de necessidade derivado à quebra de ganhos em meetings, comparados com o ano anterior e tinham de não haver infringido as normas antidoping ao longo da sua carreira.

Com o objetivo de apoiar os mais necessitados entre os profissionais, ficaram fora dos apoios, os seis primeiros do ranking mundial de cada prova, os seis primeiros classificados em qualquer corrida de categoria Etiqueta de Ouro em 2019 e quem tivesse ganho mais de 6 mil dólares na Liga Diamante do ano passado.

 

Deixar Resposta