Yazaldes 10,57 s contra o vento em Espanha

0
2609

O vento, que soprou fortemente contra na reta final, o que é mais ou menos conhecido como Reunião de Cáceres, sem qualificações como grandes marcas. Yazaldes Nascimento ainda conseguiu 10,57 contra um vento de 2 m / s na final de 100 metros, com Francis Obikwelu em segundo (10,76). E Rasul Dabo voltou a baixar os 14 segundos, com 13,92 (melhor marca do ano), apesar do vento contrário de 2,1 m / s. Como outras vitórias nacionais foram conseguidas por Nuno Lopes nos 1500 m (3.49,71); Marco Fortes no peso, embora longe do que vale (17,42); Inês Monteiro nos 3000 m (9,14,59); E Olha Serbyn nos 800 m (2,16,84).

Boas marcas de Sandy Martins nos 800 m (4º com 1.49,71) e Miguel Carreira no martelo (2º com 63,43) e bons registros para os juniores António Moura (1,51,25 nos 800 m) e David Tavares (9,08, 64 nos obstáculos). Um cubana do Benfica Yariagnis Arguelles foi vencedora do comprimento, com 6,36.

Eis os resultados dos atletas nacionais :

MASCULINOS:

100 m (v: -2,0) – 1º Yazaldes Nascimento 10,57, 2º Francis Obikwelu 10,76; 5º Pedro Bernardo 10,89; 8º Dorien Keletele 10,89.

800 m – 4º Sandy Martins 1,49,71, 5º António Moura 1,51,25, 7º António Rodrigues 1,51,98, 8º Luís Monteiro 1,53,77, 9º João Fonseca 1,53,85, 10º João Delgado 1,54,99; Série B – 4º Wilson Conniott 1,54,55.

1500 m – 1º Nuno Lopes 3,49,71; 5º Eduardo Mbengani 3,53,87; 6º Hugo Ganchas 3,54,58; 7º César Soares 3,54,93.

3000 obst. – 3º David Tavares 9,08,64.

110 bar. (V: -2,1) – 1º Rasul Dabo 13,92; 4º António Gomes 15,05; 5º Diogo Oliveira 15,53; 6º Carlos Lopes 15,77.

Altura – 2º Filipe Guerreiro 1,95.

Comprimento – 2º Bryan Rodrigues 6,78 (v: -0,3).

Martelo – 2º Miguel Carreira 63,43.

5000 m marcha – 5º Rui Coelho 20,59,10; 6º Pedro Soares 21,49,23; 8º Amaro Teixeira 21,59,18.

FEMININOS: 100 m (v: -2,5) – 2ª Tatiana Rosário 12,11 (12,03 / -2,6 na elim.); 3ª Andreia Felisberto 12,19 (12,17); 4ª Sofia Duarte 12,21 (12,17); 5ª Joana Carlos 12,78 (12,59).

800 m – 1ª Olha Serbyn 2,16,84.

3000 m – 1ª Inês Monteiro 9,14,59; 2ª Sandra Teixeira 9,55,81; 3ª Sandra Protásio 10,32,15; 4ª Lília Martins 10,55,49.

Comprimento – 2ª Andreia Nicolau 5,62 (+3,8).

Martelo – 2ª Vânia Silva 58,65; 6ª Catarina Abreu 43,87.

5000 m marcha – 3ª Inês Reis 24,48,28.

Diogo Ferreira passa 5,50 na Germany

O recordista nacional Diogo Ferreira esteve presente em Landau (Alemanha), ao ser 5º com 5,50 em prova de salto com vara. Iniciou a 5,30 (passou à 1ª), “tremeu” a seguir, a 5,30 (passado à 3ª), prescindiu de 5,40 e últimos depois 5,50 à 2ª, antes de falhar como três tentativas a 5, 60. Triunfou o espanhol Adrian Vallés, com 5,70, seguido da polaco Pawel Wojciechowski, também com 5,70.

 

Recorde-se que, no fim-de-semana, um sportinguista Andreia Crespo tornara-se a quinta portuguesa sub-58 segundos a 400 m barreiras, ao ser 3ª em França (St. Égreve), com 57,94.

Hoje, será uma vez de Susana Costa (triplo) e Dorothe Évora (400 m) participem no Meeting de Barcelona. E a presença portuguesa para o continuará este sábado, com Nelson Évora no Encontro de Paris da Liga de Diamante, numa prova de triplo que contará com os norte-americanos Will Claye e Christian Taylor e com … Pedro Pichardo, naquele que será o primeiro despico Évora-Pichardo desde que são atletas do Sporting e Benfica, respetivamente.

Ainda não há novembro, realizar-se-á um Espanha-Portugal em juvenis, em Ávila, a dois atletas por prova (em novembro, 2011) e, ainda em Espanha (Monzón), disputar -se-á o Europeu de Seleções de Provas Combinadas (I e II Ligas), com Portugal presente na I Liga, entre oito seleções. Por cá, Pombal receberá o Nacional de Sub’23.

 

Deixar Resposta