Yohann Diniz vai treinar em Mira numa câmara térmica para preparar Jogos Olímpicos 2020

2
470

O francês com ascendência portuguesa, Yohann Diniz, campeão mundial dos 50 km Marcha em 2017, já tirou lições do seu abandono na prova no Mundial de Doha.

Para fazer face ao muito calor esperado em Sapporo (embora menos do que se fosse em Tóquio), Diniz, de 41 anos, decidiu passar 60 dias a treinar-se numa câmara térmica, onde poderá regular a temperatura e a humidade em função das suas necessidades.

Um tipo de preparação que ele tinha negligenciado esta época. A partir de 7 de Dezembro, Diniz estará em Portugal, em Mira, para treinar nessas condições particulares.

João Vieira já se havia preparado numa câmara térmica para o Mundial de Doha e com o êxito que se conheceu (medalha de prata). “Doha era um clima bastante adverso para todos os atletas e, por isso, junto com a minha treinadora, decidimos fazer, com a ajuda do professor Amândio, aclimatação nesta sala, que nós achamos que foi fundamental para a minha preparação, para poder enfrentar a dura competição de 50 quilómetros em Doha”.

2 Comentários

    • Não lhe sei dizer qual o estabelecimento em Mira. Apanhei esta notícia na imprensa francesa. Mas o João Vieira utilizou antes do Mundial de Doha, uma câmara pertencente ao Laboratório de Aerodinâmica Industrial da Faculdade de Ciência e tecnologia da Universidade de Coimbra.

Deixar Resposta