Benfica (com alguma dificuldade) e Sporting (com larga vantagem) sagram-se campeões nacionais sub’23

0
2214

Não houve surpresa. Este domingo, em Guimarães, a equipa masculina do Benfica somou o 10º título nacional consecutivo de sub’23, enquanto a formação feminina do Sporting, que não ganhava desde 2012, quebrou uma série de triunfos benfiquistas desde então. Mas enquanto o Benfica ainda teve algumas dificuldades em bater o Sporting no setor masculino (chegou a estar em desvantagem no início da segunda jornada), acabando por triunfar com 19,5 pontos de vantagem (164,5-145), o campeonato feminino foi de larga (e esperada) superioridade do Sporting, que somou 188 pontos, contra 99 do Benfica e 93 da J. Vidigalense, que lutaram prova a prova pelo 2º lugar. Histórico o terceiro lugar masculino da equipa açoriana da Juventude Ilha Verde, mesmo com escassos 27 pontos, dos quais 16 foram de um só atleta (Sérgio Silva) e mais seis dos 4×400 m… nos quais ele também participou!

Na 2ª jornada, há a realçar, no sector masculino, o segundo título de Sérgio Silva, que juntou o recorde pessoal de 400 m barreiras (53,95) aos dos 400 m da véspera; os 2,13 na altura de Victor Korst, que tentou a seguir… 2,20 (recorde pessoal de Francisco Barreto, de 2,07 para 2,08); o surpreendente triunfo de Olekisandr Lyashchenko (7,24) no comprimento (já havia sido campeão do triplo), face ao campeão nacional Ivo Tavares, que se limitou a 6,85 e cinco nulos e foi sexto!; o despique nos 800 m entre José Carlos Pinto (1.52,21) e Nuno Pereira (1.52,29); o recorde pessoal de Paulo Neto, de 14,35 para 14,32 nas barreiras; e Edujose Lima, que juntou o título do disco (55,92) ao da véspera, no peso.

No setor feminino, destaque para Jéssica Barreira, que ganhou triplo (12,45) e dardo (46,28).

Vencedores:

Masculinos:

200 m (-1,4) – Delvis Santos (SLB)                           21,78

800 m – José C. Pinto (SLB)                                   1.52,21

3000 obst. – Jorge Moreira (SCP)                           9.13,77

110 b (+1,9) – Paulo Neto (AJS)                               14,32

400 bar. – Sérgio Silva (JIV)                                     53,95

Altura – Victor Korst (SLB)                                         2,13

Comp. (0,0) – Olek Lyashchenko (SCP)                       7,24

Disco – Edujose Lima (SCP)                                      55,92

Martelo – Décio Andrade (GDE)                                 65,80

4×400 m – Benfica                                                3.17,01

Femininos:

200 m (+0,1) – Catarina Lourenço (AJS)                   24,49

800 m – Salomé Afonso (SCP)                               2.07,64

5000 m – Sara Duarte (SCP)                               17.40,30

100 b (+0,7) – Marisa Carvalho (SLB)                      14,04

400 bar. – Rafaela Hora (C+SL)                               61,49

Vara – Beatriz Batista (SLB)                                      3,40

Triplo (-0,3) – Jéssica Barreira (SCP)                        12,45

Peso – Eliana Bandeira (JV)                                     15,69

Dardo – Jéssica Barreiras (SCP)                               46,28

4×400 m – Sporting                                             3.55,31

Pontuações coletivas:

Masculinos: 1º Benfica, 164,5; 2º Sporting, 145; 3º J. Vidigalense, 27.

Femininos: 1º Sporting, 188; 2º Benfica, 99; 3º J. Vidigalense, 93.

Deixar Resposta