400 metros: Carmo Tavares e Cátia Azevedo bem superiores

0
2514

Foram vários os nomes importantes nos 400 metros, desde as mais antigas Eulália Mendes e Céu Lopes, mas dois deles aparecem em todos os itens considerados: Carmo Tavares e Cátia Azevedo, as duas últimas recordistas, as únicas a baixar dos 52 segundos e as únicas presentes nas grandes competições.

Carmo Tavares bateu três vezes o recorde nacional, em 1998 (52,65) e 1999 (52,45 e 51,92) e esteve em dois Mundiais (99 e 2001) e no Europeu de 1998, entre as suas 15 internacionalizações, oito das quais na Taça da Europa. Cátia Azevedo bateu o recorde em 2016, com 51,63, e aproximou-se em 2017, com 51,90. É, até ao momento, a única portuguesa olímpica em 400 m (no Rio’2016) e esteve também no Mundial de 2017 e nos Europeus de 2014 e 2016, somando já oito internacionalizações, quatro das quais no Europeu de Seleções. Foi 5ª no Europeu de Juniores de 2013 e é recordista nacional de júnior a absoluta. Outro dado “junta” as duas atletas: Cátia foi 5ª (2017) e Carmo 6ª (1999) nas Universíadas… com 18 anos de intervalo!

Apenas num aspeto nenhuma das duas leva primazia: Elsa Amaral, com sete títulos (e consecutivos, entre 1987 e 1993), é a atleta mais vezes campeã de Portugal, com mais uma vitória que Carmo Tavares. Cátia Azevedo ainda vai nas três, mas tem apenas 23 anos… E já foi 10ª europeia do ano, em 2016, com os 51,63 do seu recorde nacional.

Eulália Mendes foi a primeira a baixar dos 60 segundos (59,9), nos primórdios da especialidade, em 1964, chegando aos 58,5 em 1965. Seguiu-se Céu Lopes, com 58,5 em 1968 e 58,4 e 58,2 em 1970. Chegou depois a época (1973) das atletas moçambicanas, que num só ano baixaram o recorde em quase dois segundos: Conceição Vilhena, com 58,2, 57,4 e 57,0, e Manuela Alves, com 57,9 e 56,3. Sucedeu-lhes Conceição Moura, que baixou de 56,0 (1976) para 54,3 (1980), e, depois, Maria João Lopes, dos mesmos 54,3 (1982) até aos eletrónicos 53,94 (1988). Seguiu-se Elsa Amaral, com 53,62 (1990) e 53,59 (1991), e Lucrécia Jardim, com 53,54 (1992) e 52,68 (1995), com Marta Moreira pelo meio (53,32 em 1992). Até que, em 1998, chegou a vez de Carmo Tavares e, em 2016, de Cátia Azevedo.

Abaixo de 53 segundos, há apenas três atletas: Cátia Azevedo, Carmo Tavares e Lucrécia Jardim. Mas esta apenas na fase final da carreira se dedicou (pouco…) à especialidade.

RECORDES NACIONAIS  
Absolutos Cátia Azevedo Sporting CP 51,63 2016  
Sub’23 Cátia Azevedo Sporting CP 51,63 2016  
Juniores Cátia Azevedo Sporting CP 52,76 2013  
Juvenis Joana Frias CA Madeira 55,39 2005  
AS + CAMPEÃES DE PORTUGAL  
Elsa Amaral 7 (1987-1993)  
Carmo Tavares 6 (1995-2009)  
Manuela Alves 4 (1973-1977)  
Conceição Moura 4 (1974-1981)  
Patrícia Lopes 4 (2005-2011)  
AS + INTERNACIONAIS  
Carmo Tavares 15 (1995-2009)  
Cátia Azevedo 8 (2013-2017)  
Conceição Moura 8 (1974-1981)  
RECORDES DOS CAMPEONATOS NACIONAIS  
Absolutos Lucrécia Jardim Sporting CP 52,90 1996  
Sub’23 Cátia Azevedo Sporting CP 52,86 2014  
Juniores Joceline Monteiro CA Olhão 54,84 2008  
Juvenis Carla Sacramento SL Benfica 56,56 1987  
PRINCIPAIS CLASSIFICAÇÕES NAS GRANDES COMPETIÇÕES
JO 1 31ª Cátia Azevedo 52,38 Rio de Janeiro 2016
CM 3 29ª Carmo Tavares 52,74el Sevilha 1999
CE 3 12ª Cátia Azevedo 52,46 Amesterdão 2016
Nota: a seguir à competição (J. Olímpicos, C. Mundo, C. Europa), indica-se o número de atletas

portuguesas presentes no conjunto de   todas as edições, as classificações no top’16 (JO. CM) ou

top’8 (CE), os melhores tempos nacionais na prova e os locais e anos dessas classificações.

PORTUGUESAS NA TAÇA DA EUROPA/EUROPEU DE SELEÇÕES  
Mais presenças:  
Carmo Tavares 8 (1995-2009)  
Conceição Moura 4 (1977-1981)  
Cátia Azevedo 4 (2013-2017)  
Melhor marca: Cátia Azevedo 52,76 (2017)  
Melhores classificações:  
Na Superliga: 11ª Carmo Tavares 2009  
Na I Liga 2ª Carmo Tavares 1997  
PORTUGUESAS NOUTRAS COMPETIÇÕES  
Campeonato da Europa de Juniores:  
Cátia Azevedo 2013  
FOJE (Festival Olímpico da Juventude Europeia):  
Joana Frias 2005  
Ana Costa 1993  
Jogos Mundiais Universitários/Universíadas:  
Cátia Azevedo 2017  
Carmo Tavares 1999  

A seguir: 800 metros

(Este artigo ficará igualmente arquivado no site www.atletismo-estatistica.pt)

Deixar Resposta