9º Dia| Especial Mundial| Muktar Edris “rouba”ouro a Mo Farah

0
136

(site em atualização)

22.17

Grã-Bretanha voa para o ouro nos 4×100 masculinos

estafeta-gra-bretanha-1A Grã-Bretanha conseguiu o melhor tempo mundial do ano com 37,47, ficando os EUA com a prata em 37,52 e o surpreendente Japão com o bronze em 38,04.

A equipa britânica foi composta pelos seguintes atletas: Chijindu Ujah, Adam Gemili, Daniel Talbot e Nethaneel Mitchell Blake.

Resultados finais

1º Grã-Bretanha – 37,47

2º EUA – 37,52

3º Japão – 38,04

4º China – 38,34

5º França – 38,48

6º Canadá – 38,59

7º Turquia – 38,73

A Jamaica foi desclassificada.

21.48

EUA vencem estafeta 4×100 m femininos

estafeta-americanaOs EUA confirmaram o favoritismo e venceram a estafeta 4×100 em 41,82. A prata ficou para a Grã-Bretanha com 42,12 e o bronze para a Jamaica com 42,19.

A equipa americana foi composta pelas seguintes velocistas: Aaliyah Brown, Allyson Felix, Morolake Akinosun e Tori Bowie.

Resultados finais

1º EUA – 41,82

2º Grã Bretanha – 42,12

3º Jamaica – 42,19

4º Alemanha – 42,36

5º Suiça – 42,51

6º Trindad e Tobago – 42,62

7º Brasil – 42,63

7º Holanda – 43,07

 21.35

Vetter com ouro mas checos surpreendem no Dardo

vetter-johannesQuando muitos vaticinavam um pódio 100% alemão, apenas Johannes Vetter correspondeu às expetativas, ainda que longe dos 94,44 m que já fez esta época. Não foi preciso tanto, bastaram 89,89 logo no 1º lançamento para ganhar o ouro. A grande surpresa veio dos checos que ficaram com a prata e o bronze. Jakub Vadlejch foi segundo a escassos 16 centímetros de Vetter e Peter Frydrych, terceiro com 88,32. O alemão Thomas Rohler com 93,90 esta época, ficou-se pelo 4º lugar com 88,26. Pior esteve o tobaguenho campeão olímpico Keshorn Walcoott, apenas 7º com 84,68.

Resultados cinco primeiros

1º Johannes Vetter (Alemanha) 89,89

2º Jakub Vadlejch (Rep. Checa) 89,73

3º Peter Frydrych (Rep. Checa) 88,32

4º Thomas Rohler (Alemanha) 88,26

5º Tero Pitkamaki (Finlândia) 86,94

21.18

Kevin Meyer, primeiro francês campeão mundial do Decatlo

kevin-mayerOs 1.500 metros finais do Decatlo serviram de consagração a Kevin Meyer, o primeiro francês a sagrar-se campeão mundial do Decatlo. O avanço cifrou-se em 204 pontos e a prova não alterou a classificação dos primeiros, ficando assim os alemães com a prata e bronze.

Resultados finais cinco primeiros

 1º Kevin Meyer (França) – 8.768

2º Rico Freimuth (Alemanha) 8.564

3º Kai Kazmirek (Alemanha) 8.488

4º Janek Oiglane (Estónia) 8.371

5º Damian Warner (Canadá) 8.309

21.08

Altura – Maria Lasitskene confirma favoritismo

mariya-lasitskeneA russa Maria Lasitskene, a saltar como neutra, não deu hipóteses às suas adversárias, ganhando o ouro com um voo de 2,03 m. Só falhou um salto a 1,99 sendo então terceira. Abdicou dos outros dois saltos a essa altura e passou para 2,01 que passou à primeira. A vitória ficou praticamente aí decidida porque Yulia Levchenko só passou essa distância à segunda. A jovem ucraniana de 19 anos suplantou todas as expetativas pois detinha um recorde pessoal de apenas 1,97. Juntou assim uma prata ao ouro conquistado recentemente no Europeu Sub23.

Quem esteve desastrada foi Ruth Beitia, a grande esperança de uma medalha espanhola. Começou a saltar a 1,88 m e falhou as três tentativas sendo eliminada. A espanhola tem sido uma época para esquecer.

Resultados cinco primeiras

1ª Maria Lasitskene (ANA) 2,03

2ª Yuliia Levchenko (Ucrânia) 2,01

3ª Kamila Licwinko (Polónia) 1,99

4ª Marie-Laurence Jungfleisch (Alemanha) 1,95

5ª Katarina Johnson-Thompson (Grã-Bretanha) 1,95

20.55

Mo Farah falha ouro na despedida

Tal como aconteceu com Usain Bolt na final dos 100 m, foi agora a vez de Mo Farah falhar a medalha de ouro na final dos 5.000 metros.

A prova foi lenta até duas voltas do fim. Até aí, comandou com ligeira vantagem o australiano Tiernan (caíu para a 11ª posição no final) mas depois, veio ao de cima a ponta final dos mais rápidos. Numa última volta emocionante, o ouro ficou nas mãos do etíope Muktar Edris que aguentou a ponta final de Farah e do americano Chelimo.

O queniano Cyrus Rutto, único representante do seu país na final, não passou de um dececionante 13º Lugar!

Resultados cinco primeiros

1º Muktar Edris (Etiópia) 13.32,79

2º Mohamed Farah (Grã-Bretanha) 13.33,22

3º Paul Chelimo (EUA) 13.33,30

4º Yomif Kejelcha (Etiópia) 13.33,51

5º Selemon Barega (Etiópia) 13.35,34

20.30

Sally Pearson põe KO quatro americanas

sallypearsonSally Pearson foi a grande vencedora dos 100 m barreiras ao cortar a meta em 12,59. A australiana junta assim o ouro ao dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Mundial em Daegu 2011. Numa final que teve quatro americanas, a grande derrotada foi a recordista mundial Kendra Harrison que se ficou pelo 4º lugar. Surpreendente o 3º lugar da alemã Pamela Dutkiewicz

Resultados cinco primeiras

1ª Sally Pearson (Austrália9 12,59

2ª Harper Nelson (EUA) 12,63

3º Pamela Dutkiewicz (Alemanha) 12,72

4ª Kendra Harrison (EUA) 12,74

5ª Christina Manning (EUA) 12,74

19.41

Meyer quase campeão do Decatlo

O francês foi quarto no lançamento do dardo com 66,10 m e tem já 173 pontos de vantagem de Freimuth a uma prova do fim (1.500 m).

A medalha de bronze parece também entregue a Kazmirek. Quem deu um grande tombo foi o ucraniano Oleksiy Kasyanov ao passar de 4º para 8º. Teve uma atuação desastrada no dardo ao ser último com apenas 50,82 m. Em sentido contrário, temos o estónio Janek Oiglane que ao vencer o dardo com 71,73 m, saltou para o 4º lugar.

Eis os cinco primeiros antes dos 1.500 m:

1º Kevin Meyer (França) – 8.067

2º Rico Freimuth (Alemanha) 7.894

3º Kai Kazmirek (Alemanha) 7.796

4º Janek Oiglane (Estónia) 7.686

5º Damian Warner (Canadá) 7.554

17.04

Kevin Meyer reforça liderança no Decatlo

O salto com vara permitiu a Kevin Meyer aumentar de forma significativa a sua vantagem sobre Rico Freimuth. Passou de 24 para 116 pontos quando faltam apenas duas provas, o lançamento do dardo e os 1.500 metros. O alemão Kazmirek passou a terceiro relegando o ucraniano Kasyanov para o quarto lugar.

Eis a classificação dos cinco primeiros ao fim de oito provas:

1º Kevin Meyer (França) – 7.237

2º Rico Freimuth (Alemanha) 7.121

3º Kai Kazmirek (Alemanha) 7.021

4º Oleksiy Kasyanov (Ucrânia) 6.914

5º Damian Warner (Canadá) 6.867

13.00

Luta acesa no Decatlo ao fim de sete provas

Realizada a sétima prova do Decatlo, o lançamento do Disco, o francês Kevin Meyer viu o seu avanço sobre o segundo diminuir de 108 para escassos 24 pontos. O alemão Rico Freimuth mantem o segundo lugar com o ucraniano Oleksiy Kasyanov a subir ao terceiro lugar.

À entrada do Salto com Vara que vai começar dentro em pouco, eis a classificação dos cinco primeiros:

1º Kevin Meyer (França) – 6.296

2º Rico Freimuth (Alemanha) 6.272

3º Oleksiy Kasyanov (Ucrânia) 6.095

4º Kai Kazmirek (Alemanha) 6.080

5º Damian Warner (Canadá) 6.048

12.11

4X400 m Masculinos – Bahamas e Jamaica fora da final!

Uma surpreendente Espanha venceu a 1ª série dos 4×400 m com a Jamaica que era líder no último testemunho a cair para o quarto lugar. Surpreendente mas pela negativa as Bahamas, a ser apenas sexta com 3.03,04. Este país tinha sido campeã olímpica em Londres com 2.56,72 e medalha de bronze no Rio de Janeiro com 2.58,49. E também a Jamaica, eliminada ao ser quarta na 1ª série com 3.01,98.

A segunda série foi muito mais rápida com a 5ª seleção a ser mais rápida que a vencedora da primeira série. A final disputa-se amanhã às 21.15 e será a última do Campeonato.

Lista dos oito países apurados

1ª série

Espanha – 3.01,72

Polónia –  3.01,78

Cuba – 3.01,88

2ª série

EUA – 2.59,23

Trinidad e Tobago – 2.59,35

Bélgica – 2.59,47

Grã Bretanha – 3.00,10 (repescada)

França – 3.00,93 (repescada)

 11.42

Grande superioridade americana na Estafeta 4×400 m Femininos

A estafeta americana foi de longe a mais rápida das duas séries de apuramento para a final a disputar-se no Domingo às 20.55.

Eis a lista dos oito países apurados

1ª série

EUA – 3.21,66

Grã-Bretanha – 3.24,74

Botswana – 3.26,90

França – 3.27,59 (repescada)

2ª série

Jamaica -3.23,64

Nigéria – 3.25,40

Alemanha – 3.26,24

Polónia – 3.26,47 (repescada)

10.52

Definidos finalistas na Estafeta 4×100 m Femininos

Já estão definidos os oito países que se apuraram para a final a disputar logo pelas 21.30.

1ª série

EUA – 41,84

Grã-Bretanha – 41,93

Suíça – 42,50

Holanda – 42,64 (repescada)

2ª série

Alemanha – 42,34

Jamaica – 42,50

Brasil – 42,77

Trinidad e Tobago – 42,91 (repescada)

10.40

Kevin Mayer reforça 1º lugar ao fim de 6 provas no Decatlo

Na primeira prova do dia, os 110 m barreiras, o francês Kevin Mayer reforçou o 1º lugar com 5.485 pontos. O alemão Rico Freimuth saltou do 3º para o 2º lugar com 5.377 com o canadiano Damian Warner a ser agora 3º com 5.370. O alemão Kai Kazmirek caiu do 2º para o 4º lugar com 5312.

7.30

Bolt na estafeta 4×100 e Mo Farah nos 5.000 m despedem-se dos grandes eventos

Hoje dia 12 não vamos ter portugueses em atuação. Mas vamos ter uma tarde bem animada com sete finais considerando o Decatlo.

As provas terão início às 10 h e dividir-se-ão entre as eliminatórias das estafetas 4×100 e 4×400 masculinos e femininas e o Decatlo com os 100 m barreiras, disco e vara.

À tarde, teremos as finais do salto em altura masculinos, 100 m barreiras femininos, lançamento do dardo masculinos, 5.000 e 1.500 m masculinos, os 1.500 m a encerrar o decatlo e finalmente, as estafetas 4×100 m. Será a última oportunidade para ver em ação Usain Bolt na estafeta da Jamaica e Mo Farah nos 5.000 m.

Eis os/as cinco atletas com melhores marcas esta época nas finais:

100 m barreiras Feminino – Sally Pearson contra três americanas

1ª Kendra Harrison (EUA) 12,28

2ª Sally Pearson (Austrália) 12,48

3ª Nia Ali (EUA) 12,52

4ª Christina Manning (EUA) 12,58

5ª Pamela Dutkiewicz (Alemanha) 12,61

Altura Feminino – Ouro para Maria Lasitskene?

1ª Maria Lasitskene (Neutro) 2,06

2ª Airiné Palsyte (Lituânia) 2,01 (pista coberta)

3ª Vashti Cunningham (USA) 1,99

4ª Kamila licwinko (Polónia) 1,98

4ª Ruth Beitia (Espanha) 1,98 (pista coberta)

Dardo Masculino – Alemães com as 3 medalhas?

1º Johannes Vetter (Alemanha) 94,44

2º Thomas Rohler (Alemanha) 93,90

3º Andreas Hofmann (Alemanha) 88,79

4º Tero Pitkamati (Finlândia) 88,27

5º Marcin Krukowski (Polónia) 88,09

5.000 m Masculino – Mo Farah contra 3 etíopes

1º Muktar Edris (Etiópia) 12.55,23

2º Selemon Barega (Etiópia) 12.55,58

3º Mohamed Farah (Grã-Bretanha) 13.00,70

4º Yomif Kejelcha (Etiópia) 13.01,21

5º Cyrus Rutto (Quénia) 13.03,44

 

 

 

Deixar Resposta