Atletismo precisa de mais meetings nos Estados Unidos, segundo Sebastian Coe

0
279

A dois anos dos Mundiais de Eugene (Oregon), Sebastian Coe afirmou ontem que devia haver mais meetings internacionais nos Estados Unidos.

“Vós sois uma potência do atletismo, tem sido o caso desde há muito tempo”, declarou Coe ao canal de televisão NBC Sport.

“Mas é preciso que os atletas americanos possam ter oportunidade de ganhar a sua vida e possam fazê-lo em estádios cheios e com fortes audiências TV nos Estados Unidos”, prosseguiu ele. “Neste momento, é a Europa que domina. Espero que possamos ver de novo, meetings nos Estados Unidos, como vimos no passado”.

O meeting de Eugene é o único que faz parte da Liga Diamante. Mas com os Mundiais de 2022 e os Jogos Olímpicos de Los Angeles em 2028, o atletismo norte-americano pode dar o salto em frente.

Deixar Resposta