Australiana das danças perde apoio do governo após fiasco na Rio 2016

0
2047

Michelle Jenneke ficou famosa em 2012 por dançar antes das provas, mas não esteve bem nos Jogos Olímpicos e perdeu o patrocínio público da Austrália para Tóquio 2020.

 

Michelle Jenneke ganhou os holofotes do mundo nos últimos anos. E não pelos seus resultados no atletismo. A australiana tornou-se mundialmente conhecida por conta das danças que protagonizava antes das provas, mas nos JO do Rio 2016 disse adeus de forma precoce nos 100 metros barreiras e pagou caro por isso. O seu 37º lugar nos Jogos Olímpicos fez com que o governo australiano cortasse a bolsa de apoio que a jovem recebia.

No Rio de Janeiro, a coreografia foi ao som da música ”Shake Boom”, sucesso nos anos 90 na voz do cantor brasileiro Vinny.

Para o próximo ciclo, a Austrália ampliou a ajuda financeira para outros 62 atletas e o baixo rendimento fez com que Jenneke fosse cortada da lista. A expectativa no Rio de Janeiro era que ela lutasse pelo pódio, já que no ano anterior havia conseguido 12,82s, sendo a segunda australiana mais rápida da história.

Deixar Resposta