Balanço da época 2019 – 100 m barreiras (F): Olímpia Barbosa bem à frente

0
250

Larga superioridade de Olímpia Barbosa, que conseguiu as 13 melhores marcas do ano e 17 das 18 até 13,90. Lecabela Quaresma foi a exceção (13,77). As médias das 10 e 20 melhores atletas regrediram um pouco, para 14,17 e 14,69, contra as melhores de 14,00 e 14,49 em 2017.

PÓDIO:

1ª OLÍMPIA BARBOSA (SPORTING)

Progrediu de 13,46 em 2017 para 13,36 em França e conseguiu ainda boas marcas nos Jogos Europeus (13,44 e 13,57) e no Campeonato de Portugal, que ganhou com 13,53. Foi 6ª no Europeu de Seleções (13,63).

2ª LECABELA QUARESMA (BENFICA)

Competiu essencialmente em França, onde obteve as melhores marcas: 13,77 e 13,96, ainda aquém dos 13,56 de 2017.

3ª FATUMATA BALDÉ (BENFICA)

Progrediu de 14,08 para 14,02 e foi vice-campeã de Portugal com 14,15, além de campeã sub’23 (14,51) e de juniores (14,32).

E AINDA…

Mariana António progrediu de 14,15 já em 2016 (então no 1º ano de júnior) para 14,12 em maio e 13,97 em junho e foi vice-campeã nacional de sub’23. Até 14,50, apenas Elisabete Silva também melhorou (14,56-14,43). Marisa Carvalho, que tanto prometia (13,41 como júnior, há dois anos), competiu pouco e continuou longe do que vale (14,62 como melhor).

A REVELAÇÃO: SARA MOREIRA (A. JARDIM DA SERRA)

Ainda júnior de 1º ano, progrediu de 14,57 para 14,07 e foi ao pódio do Campeonato de Portugal (3ª com 14,47).

Ranking da época em http://atletismo-estatistica.pt/

Deixar Resposta