Balanço da época 2019 – 200 metros (F): Bazolo bem à frente

0
929

Aos 36 anos, Lorène Bazolo continua muito à frente das demais e, em 2019, embora algo distante dos seus 23,01 conseguidos nos Jogos do Rio’2016, fez melhor que em 2018 (23,32 contra 23,47). A segunda do ano, Cátia Azevedo, nem se dedicou à distância (é essencialmente corredora de 400 m e começou a apostar nos 800 m).

PÓDIO

1ª LORÈNE BAZOLO

Correu oito vezes (sem vento) e detém as únicas oito marcas abaixo de 24 segundos, com destaque para os 23,32 de Salamanca, os 23,43 de Barcelona, os 23,63 do Campeonato de Portugal e os 23,67 da I Divisão. Sem esquecer a importante vitória no Europeu de Seleções (23,78 mas com vento a -2,2 m/s).

2ª CATARINA LOURENÇO (BENFICA)

Com 24,15 como melhor (no Europeu de Juniores), ficou aquém dos 24,03 conseguidos no Mundial da categoria de 2018. Mas tem mais seis marcas até 24,50, chegou às meias-finais do Europeu de Juniores e sagrou-se campeã nacional de juniores e sub’23.

3ª SOFIA DUARTE (SPORTING)

Tal como nos 100 m, fechou o pódio do Campeonato de Portugal, com um recorde pessoal de 24,67 (antes: 24,73 em pista coberta, em 2017).

E AINDA…

A júnior belga Delphine Nkansa, que melhorou de 24,60 para 24,41 ao ser vice-campeã de Portugal, teria lugar no nosso pódio se já fosse portuguesa. Também progrediram as juniores Sara Seabra (26,62-24,97), Daniela Amaro (25,86-25,09), Sara Moreira (25,57-25,34) e Juliana Guerreiro (25,36) e a juvenil Carmo Juiz (25,32-25,20). Um agradável lote de jovens.

A REVELAÇÃO

SARA SEABRA (UC EIRENSE)

Ainda júnior de 1º ano, progrediu nada menos de 165 centésimos relativamente à sua marca da época passada, ao conseguir 24,97, quando foi terceira no Nacional de Juniores. E, depois, ainda foi 3ª na I Divisão (25,24).

Ranking da época em http://atletismo-estatistica.pt/

Deixar Resposta