Balanço da época 2019 – Provas não olímpicas (F): Mariana Machado em foco

0
755

Mariana Machado foi a principal figura nas distâncias não olímpicas, ao conseguir 9.01,86, na Maia, em junho, e 8.58,61 em Gotemburgo, em agosto, neste caso depois de ser vice-campeã europeia de juniores e de ser 3ª no Europeu de Seleções. Apenas Fernanda Ribeiro (8.56,33) tem melhor enquanto júnior. A jovem bracarense deixou longe as primeiros planos, fora de forma e com problemas físicos ao longo da época.

Rivinilda Mentai voltou a liderar os 300 m, mas com marca inferior (39,58) às de 2017 (38,67) e 2018 (39,39). Destaque para a juvenil Sofia Lavreshina (39,84). Nos 1000 m, a melhor foi a ainda iniciada Beatriz Pereira, com 2.55,11 em pista coberta, marca aquém da conseguida em 2018 (2.52,11).

Na marcha, a surpresa foi Edna Barros, líder nos 5000 m com 21.37,45 (5ª de sempre), melhorando os 22.05,43 que tinha de 2018. Ana Cabecinha liderou os 3000 m, com os 12,49,80 com que se sagrou campeã nacional de pista coberta, e os 10000 m, com 44.08,53, marca que lhe deu o título de campeã de Portugal, neste caso à frente de Inês Henriques (44.34,99) e Edna Barros (46.03,69), que completaram o pódio do Campeonato de Portugal.

Ranking da época em http://atletismo-estatistica.pt/

Deixar Resposta