Balanço da época 2019 – Provas não olímpicas (M): William Reais em foco nos 300 m

0
770

O luso-suíço William Reais foi a principal figura nas (poucas vezes realizadas) provas não olímpicas. Na Suíça, onde reside, conseguiu 33,34 nos 300 m em maio, melhorando os 33,63 da época passada e reforçando a sua posição de 5º português de sempre. Muito bem, igualmente, João Coelho, que em Torres Vedras, em novembro do ano passado, melhorou de 35,39 para 33,70 (7º de sempre). Mauro Pereira (33,99 em 2018) também esteve bem, com 34,10.

A prova não olímpica mais disputada é a de 3000 metros, mas ninguém baixou dos oito minutos. O melhor foi o ex-júnior Isaac Nader, que progrediu de 8.26,47 para 8.01,66 em Faro e foi 6º no Europeu de Seleções (8.13,71 em prova tática). Rui Pinto, segundo do ano, fez 8.04,46 em França. Nos 1000 metros, apenas um atleta baixou de 2.30: Pedro Silva gastou 2.29,91.

Na marcha, João Vieira foi naturalmente o melhor, com 19.38,60 nos 5000 m do Nacional da I Divisão e 40.29,72 nos 10000 m do Campeonato de Portugal. Seguiu-se-lhe Miguel Carvalho, vice-campeão de Portugal de pista coberta com 20.07,63 e um tempo de passagem de 42.05 nos 20 km da Taça da Europa.

Ranking da época em http://atletismo-estatistica.pt/

Deixar Resposta