Bolt quer jogar futebol em 2018: “Muitos clubes me procuraram”

0
1874

Após retirar-se das pistas, Bolt espera recuperar da lesão para realizar o sonho de voltar ao desporto como jogador de futebol

Retirado do atletismo após o Mundial de Londres, Usain Bolt planeia regressar ao desporto, mas no futebol. O recordista mundial e tricampeão olímpico dos 100 e dos 200 m, deixou sempre claro o sonho de se tornar um jogador de futebol após deixar as pistas e pode ter esse sonho concretizado já em 2018. O jamaicano afirmou que tem sido sondado por muitos clubes, embora não divulgasse os seus nomes.

– “Eu adoraria jogar futebol agora que me retirei do atletismo. Tenho falado sobre isso em entrevistas, e muitos clubes me procuraram. Infelizmente, tive uma lesão feia na coxa em agosto e não pude fazer nenhum treino desde então. Espero poder jogar alguns jogos em 2018”, afirmou Bolt, em entrevista ao site da FIFA.

 bolt-no-manchester

A assistir a um jogo do Manchester United

Fã declarado do Manchester United, Bolt foi convidado para jogar pelo clube inglês num jogo amigável entre as lendas do clube e as do Barcelona, no início de setembro. No entanto, a lesão na final da estafeta 4×100 m do Mundial de Londres, impediu a participação do jamaicano na partida.

– “Eu sempre joguei muito na Jamaica durante o inverno. Não era algo que o meu técnico gostasse, mas felizmente não tive nenhuma lesão jogando futebol que interrompesse o meu treino no atletismo.

Voto em Cristiano Ronaldo
Bolt ainda deu algumas opiniões para o prémio da FIFA para os Melhores do Ano. O jamaicano afirmou que admira o francês Zinedine Zidane, técnico do Real Madrid, e gostaria de ser treinado por ele. Ele votaria no italiano Gianluigi Buffon para melhor guarda-redes, na holandesa Lieke Martens para melhor jogadora, no sul-africano Oscarine Masuluke para o Prémio Puskás e no português Cristiano Ronaldo para o melhor jogador.

– “Eu votaria no Ronaldo. Todos os três candidatos são jogadores incríveis, mas Cristiano venceu a Liga Espanhola no último ano, a Champions League de novo e acabou como artilheiro pela quinta vez. A sua habilidade em permanecer no topo ano após ano é muito impressionante”, disse Bolt.

 

 

Deixar Resposta