Bracarense Ricardo Espada foi o 1º português em Sevilha/Notícia atualizada

0
3476

(Notícia atualizada)

A maratona de Sevilha costuma ser a maratona estrangeira com mais participantes portugueses. Este ano, não terá fugido à regra. O nome mais sonante era o de Filomena Costa que desistiu. Já com acesso à classificação completa da prova,  o bracarense Ricardo Espada foi o 1º português ao cortar a meta em 49º lugar no tempo de 2h30m08s. O 2º foi Diogo Ramalheira (Indiv.) em 61º lugar com 2h32m57s.

Em femininos,  Catarina Varges (AA Lebres do Sado) já não aparece na classificação. Apareceu ontem em 20º lugar com 2h56m54s. Mas é preciso notar que ela tinha passado aos 10 km com o tempo oficial de 64m39s e não tinha tempos de passagem entre os 15 e os 35 km. Apareceu depois aos 40 km  com 2h44m58s e nos últimos 2.195 metros, demorou 11m56s. Em 2016, tinha feito na maratona do Porto o tempo de 4.09.16 e em 2017, fez 4.32.11. Mais uma que fez batota!

Alice Basílio (AA Mafra) foi assim a melhor portuguesa em 34º lugar e 3ª do F45 com 3h05m35s; Filipa Sá-Maia (Asics Lisboa Run Club) foi a 35ª com 3h08m53s; Lúcia Oliveira (Generg) a 37ª com 3h10m29s e Laura Grilo (Clube Praças da Armada) a 41ª com 3h12m24s.

Nos escalões masculinos,   Jorge Cruz (Mafra c/Vento Estabil) que chegou em 79º lugar, venceu em M50 em 2h35m07s;  No escalão M75, Manuel Pereira Maia (42kmpt/Clac) foi 2º com 5h00m53s.

Resultados completos em:

https://sportmaniacs.com/es/races/zurich-maraton-sevilla-2018/5a210352-66e0-4e9b-a910-2b8fac1f2e78/results#rankings:page-1

 

Deixar Resposta