Campeão paralímpico do salto em altura é acusado de assassinato na Índia

0
2234

Mariyappan Thangavelu, que conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016, teria matado um jovem de 19 anos após uma discussão de trânsito

O campeão paralímpico do salto em altura, Mariyappan Thangavelu, é suspeito do envolvimento no assassinato de Satish Kumar, de 19 anos. De acordo com a mãe de Kumar, o jovem foi encontrado morto na região de Madras, na Índia, após bater no carro de Mariyappan e ter uma discussão de trânsito com o atleta e amigos.

Kumar teria perdido o controlo da moto devido às más condições da via e batido na porta do veículo do medalhado olímpico. Após discutirem, Kumar fugiu do local e foi para casa, onde foi encontrado por Thangavelu e seus amigos e agredido brutalmente, segundo a mãe do jovem.

Quando os homens tentaram apanhar o telemóvel de Kumar, este fugiu e nunca mais voltou para casa. O corpo foi encontrado nas proximidades, horas depois do ocorrido. A sua mãe avisou a polícia local, procurando proteção alegando que o atleta, dois amigos e um comparsa a tinham ameaçado e à sua família, pedido que, segundo ela, não foi atendido devido à fama do desportista. A primeira audiência está marcada para o dia 24 de Outubro.

 

 

Deixar Resposta