Campeonato de Portugal sem Pichardo nem Évora…

0
1219

A 104ª edição do Campeonato de Portugal (82ª feminina) terá este fim-de-semana como palco (pela 11ª vez desde a remodelação da pista e a implantação do tartan, em 1994) o Estádio Universitário de Lisboa. Infelizmente, não irão estar todos os melhores atletas nacionais, já que, nesse dia (sábado), Pedro Pichardo e Nelson Évora (que já não estiveram no Nacional de há um ano…) saltarão no meeting de Londres da Liga de Diamante. E, não sendo pelos vistos obrigatória a presença dos melhores atletas nacionais, resta saber quem mais faltará…

De qualquer forma, esperam-se alguns bons despiques nos 400 m (Raidel Acea-Ricardo Santos), 800 e 1500 m (vários pretendentes), altura (Paulo Conceição-Tiago Pereira), comprimento (Marcos Chuva-Ivo Tavares), peso (Francisco Belo-Tsanko Arnaudov) e martelo (António Vital Silva-Décio Andrade), no setor masculino, e vara (Eleonor Tavares-Marta Onofre) e triplo (Patrícia Mamona-Susana Costa-Evelise Veiga), no feminino, entre outros. Baixas de vulto (estas justificadas) são as de Leandro Ramos (mais uma vez adiado o despique com Tiago Aperta) e Mariana Machado, ambos no Europeu de Juniores.

Matos Fernandes (37 títulos) e José Carvalho (36) continuam a ser os atletas nacionais mais vezes campeões de ar livre, mas João Vieira está cada vez mais perto, devendo conseguir nos 10000 m marcha o seu 34º título (19º nestes campeonatos). Dos restantes atletas ainda em atividade, os mais campeões são Marco Fortes e Nelson Évora, com 15 títulos cada.

No setor feminino, Georgette Duarte, atleta do Belenenses dos anos 40 e 50 do século passado, soma 46 títulos, contra 37 de Adília Silvério e 34 de Teresa Machado, duas lançadoras. Das atuais atletas, há três com 17 títulos: Sílvia Cruz (não tem competido), Vânia Silva (deverá somar 18º título no martelo!) e Sara Moreira (irá estar presente?).

Outro ponto positivo: a Federação e a Associação de Lisboa, responsáveis pela organização da competição, garantem a transmissão integral da competição via streaming, bem como a divulgação dos resultados em direto.

MELHORES MARCAS NACIONAIS DO ANO

MASCULINOS     PROVAS FEMININOS
Carlos Nascimento SCP 10,26 100 m Lorène Bazolo SCP 11,38
William Reais (SUI) 21,00 200 m Lorène Bazolo SCP 23,32
Raidel Acea SLB 46,08 400 m Cátia Azevedo SCP 51,62
José C. Pinto SLB 1.47,84 800 m Marta Pen SLB 2.03,49
Paulo Rosário SCP 3.40,59 1500 m Mariana Machado SCB 4.10,61
Isaac Nader SLB 8.01,66 3000 m Mariana Machado SCP 9.01,86
Hélio Gomes SCP 13.41,01 5000 m Sara Moreira SCP 15.37,96
António Pedro Rocha SSC 29.33,04 10000 m Dulce Félix SLB 31.55,95
André Pereira SLB 8.39,25 3000 ob. Joana Soares AJS 9.56,78
Rasul Dabo SCP 14,04 110/100 b Olímpia Barbosa SCP 13,36
Ricardo Lima SCB 52,17 400 bar. Vera Barbosa SCP 57,50
Paulo Conceição SLB 2,19 altura Anabela Neto SCP 1,78
Diogo Ferreira SLB 5,40 vara Eleonor Tavares SCP 4,30
Marcos Chuva SLB 7,84 comp. Evelise Veiga SCP 6,61
Pedro P. Pichardo SLB 17,47 triplo Patrícia Mamona SCP 14,37
Francisco Belo SLB 20,97 peso Jéssica Inchude SCP 17,27
Francisco Belo SLB 57,94 disco Irina Rodrigues SCP 62,07
António Vital SIlva SLB 70,88 martelo Vânia Silva SCP 63,08
Leandro Ramos SLB 77,52 dardo Cláudia Ferreira SCP 52,34
Abdel Larrinaga SLB 7439 dec./hept. Lecabela Quaresma SLB 5932
João Vieira SCP 1.22.06 20 km M Ana Cabecinha COP 1.31.12
João Vieira SCP 3.46.38 50 km M Inês Henriques CNRM 4.13.57
Nuno Lopes SCP 2.16.40 maratona Salomé Rocha SCP 2.24.47
Sel. Nacional SN 39,72 4×100 m Sel. Nacional SN 45,16
SL Benfica SLB 3.07,27 4×400 m Sporting CP SCP 3.34.29*

*com uma atleta estrangeira

Melhores marcas em pista coberta:

Masculinos:  vara – Diogo Ferreira (SLB) 5,50; comp. – Marcos Chuva (SLB) e Ivo Tavares (SLB) 7,86; peso – Francisco Belo (SLB) 20,97 (=)
Femininos: altura – Anabela Neto (SCP) 1,82; triplo – Patrícia Mamona (SCP) 14,44

Deixar Resposta