Como descansar entre as séries

0
1120

Para que o seu treino seja mais proveitoso, precisa saber estipular o tempo ideal de descanso entre as séries. Saiba como.

Está a treinar para ganhar velocidade ou ritmo e, inevitavelmente, precisa dividir as passadas em algumas séries de corrida. Mas sempre que faz uma pausa para o devido descanso, fica na dúvida se o tempo de repouso não está demasiado longo ou muito rápido.

Esse descanso é essencial para que o corpo entenda os estímulos das séries e evolua.

Com os intervalos, o organismo recupera do esforço, o corredor ganha fôlego, gera energia e ajusta o ritmo para as próximas séries. Mas o corredor precisa de prestar atenção para não forçar demasiado a musculatura para voltar rapidamente à corrida ou, ainda, fazer com que o treino fique mais fácil do que deveria por ficar muito tempo parado.

Para não ter problemas, tenha sempre em mente que treinos mais intensos exigem intervalos maiores, de três a quatro minutos, enquanto treinos com menor intensidade, pedem um repouso de dois ou três minutos.

Outra boa regra pode ser ter como base o objetivo do seu treino. Por exemplo, se a sua meta é melhorar o ritmo, deve fazer treinos ritmados mais fortes e descansar durante dois minutos. Se a ideia é ganhar velocidade, os treinos devem ser de séries curtas, com

repouso de três a quatro minutos. Para a progressão de ritmo, pare por um ou três minutos, enquanto que treinos de séries em subidas, pedem um descanso.

Além disso, para que o intervalo de recuperação seja proveitoso, não deve ficar totalmente parado. Aproveite a pausa para se hidratar ou para fazer pequenos alongamentos, o que trará ótimos benefícios para a sua corrida.

Deixar Resposta