Dez alimentos para tratar a úlcera do estômago

0
68305

A úlcera do estômago é uma das doenças gastrointestinais mais perigosas. Quando não é adequadamente tratada, pode causar sérios riscos de vida aos seus portadores. Além de um tratamento direcionado por um especialista, é preciso redirecionar toda a dieta para que os sintomas não se tornem ainda piores. Para tratar uma úlcera, é preciso uma boa dose de disciplina e atenção.

Eis alguns alimentos que vão ajudá-lo a cuidar desse problema de forma satisfatória. Mas é preciso lembrar que, apesar de eficientes, eles não vão resolver o problema de imediato. Por isso, mais do que comer alimentos que ajudem a tratar da úlcera, existem outras tantas opções que devem ser evitadas.

Dez alimentos para tratar a úlcera de estômago

úlcera-mel1 – Mel

O mel é um dos melhores remédios para a úlcera. Uma das suas propriedades é a glicose oxidase, uma enzima cheia de antibióticos que atacam diretamente as bactérias causadoras da úlcera. Utilizando-a junto a outros alimentos com esse intuito, como é o caso do queijo e da banana, os efeitos são ainda melhores.

 2 – Coco

Outro excelente antibacteriano, o coco é um alimento bem versátil para tratar úlcera. Além das suas ricas propriedades, ele pode ser consumido de diversas formas sem perder os seus recursos. Os mais comuns são a água de coco, o coco cozido, e o coco cru.

3 –  Chás

Infusões leves, e sem a presença de itens cítricos ou com alto teor ácido, são excelentes para recuperar o estômago da úlcera. Não são recomendados o chá preto, ou qualquer outro que possua cafeína, pelas mesmas razões dos cítricos. Uma ótima sugestão para a úlcera são os chás de Camomila, e o de Erva Verde.

4 – Cereais

Com a sua alta quantidade de fibras, os cereais são um dos alimentos mais indicados para tratar a úlcera. Combinado a banana, eles podem ser a base da sua alimentação para recuperar o estômago. Exemplos de cereais incluem granola, trigo, aveia e milho.

5 – Sumos (Exceto os cítricos)

Assim como os chás, os sumos são uma ótima opção para cuidar da úlcera, já que as suas propriedades estão melhor distribuídas em líquido, além de serem absorvidas pelo organismo com mais facilidade. Contudo, e da mesma forma que as infusões citadas anteriormente, o ideal é evitar opções cítricas, já que o ácido nelas presente pode intensificar os sintomas da úlcera.

6 – Carnes Magras

É muito importante evitar carnes gordurosas, pois elas exigem muito mais trabalho do estômago para processar os seus nutrientes, o que é perigoso nos casos de úlcera. Caso não queira deixar as carnes de lado, as melhores opções são as sem gordura, e de preferência brancas. A carne de peixe, desde que não tenha salmoura, é uma ótima escolha, assim como cortes de frango que não tenham gordura.

7 – Queijo Branco

Assim como carnes e o leite integral, é muito importante não consumir queijo branco com altos índices de gordura. Para não deixar esse componente tão importante da dieta de lado, o melhor  é procurar queijos como o branco, sem o soro e o ricota, que não possuem apenas quantidades bem menores de gordura, como podem ser combinados com outros alimentos para tratar a úlcera. O mel e o azeite são bons exemplos.

8 – Feno-Grego

Este é um alimento peculiar. O feno-grego é provavelmente o alimento que melhor ajuda o organismo a tratar da úlcera. As suas propriedades são tão ricas quanto os cereais, protegendo a parede do estômago com um muco que evita os efeitos da úlcera. Dessa forma, a parede estomacal fica mais reforçada, e ajuda a tratar a doença.

9 – Banana

Além de conter propriedades antibacterianas, a banana ajuda a diminuir os níveis de acidez no estômago, o que facilita a recuperação do mesmo pela úlcera. Uma ótima forma de utilizá-la na dieta é como uma sobremesa após o almoço. Com os alimentos já bem direcionados nesse ponto, os benefícios da banana tornam-se ainda melhores para o estômago.

10 – Alho

O alho pode ter um grande papel na recuperação do estômago quando acometido pela úlcera. Com as suas propriedades antibactericidas e antimicrobianas, ele ajuda a recuperar o sistema gastrointestinal até com mais rapidez que o habitual. Porém, ele não pode ser utilizado de forma frita ou refogada, para não saturá-lo.

Além de todos esses alimentos, é essencial evitar opções de cardápio que possam agravar ainda mais a doença. Daí a importância de seguir a dieta recomendada pelo médico. Quanto mais rápida for a recuperação, menos restritiva será a sua dieta, embora seja recomendado que tais alimentos tenham o seu consumo realmente bem reduzido.

Vejamos quais são estes alimentos:

  • Embutidos (salsicha, presunto, línguiça…)
  • Biscoitos recheados e alimentos industrializados do mesmo tipo
  • Refrigerantes e quaisquer outras bebidas com gás
  • Alimentos fritos e com alto teor de gordura (queijos, a maior parte das carnes vermelhas)
  • Alimentos com alto teor de acidez (cítrinos, tomate, pepino, kiwi)
  • Agrião, espinafre, couve

Com um bom direcionamento, é possível descobrir até algumas opções saborosas para trata a úlcera de forma mais adequada.

Deixar Resposta