Doping: dúvidas sobre os dados transmitidos pela Rússia

0
136

A Agência Mundial Antidoping (AMA) tem dúvidas sobre a autenticidade dos dados dos controlos transmitidos pelo laboratório de Moscovo para fazer luz sobre o sistema institucional de doping que serviu o país entre 2011 e 2015.

O Comité de Revisão da Conformidade (CRC) da Agência, competente para recomendar sanções, deve apresentar um relatório sobre o assunto aos membros do Comité Executivo da IAAF, reunidos amanhã em Tóquio, segundo uma fonte próximo do dossier.

Estas dúvidas confirmaram um tweet de um jornalista do canal alemão ARD, Hajo Seppelt, segundo o qual, “os russos são suspeitos de terem manipulado os dados do laboratório de Moscovo”, enviados à AMA no início deste ano. Mas estas mesmas dúvidas apelam à prudência, indicando que “os russos devem ainda explicar-se” e que o CRC não deverá emitir uma recomendação de sanção já nesta segunda-feira.

O envio dos dados dos controlos antidoping do laboratório de Moscovo tinha sido uma das condições postas pela AMA para levantar a suspensão da agência russa antidoping (RUSADA).

Caso se confirme uma fraude nos dados agora enviados, tal poderá levar a AMA a sancionar de novo a Rússia, com consequências que podem levar o país a ser excluído dos jogos Olímpicos de Tóquio em 2020.

A Rússia está suspensa de todas as competições internacionais de atletismo desde Novembro de 2015. A IAAF deverá mais uma vez examinar o dossier em 23 de Setembro para decidir uma reintegração ou não do país antes do Mundial de Doha.

 

 

Deixar Resposta