Doping: Ilya Ivanyuk considera injusta situação da Rússia

0
98

O saltador em altura russo Ilya Ivanyuk declarou no sábado que a Rússia era tratada injustamente na luta antidoping, dando-se demasiada atenção ao seu país e pouca aos outros.

Ivanyuk, medalha de bronze no Europeu 2018 e Mundial 2019, afirmou ainda “nenhum erro é-nos perdoado. Quando as (recentes) más notícias começaram a aparecer, fiquei preocupado. Passei algumas noites sem dormir”.

A Rússia está atualmente sobre a ameaça de uma suspensão de quatro anos, depois da Agência Mundial Antidoping (AMA) ter constatado que dirigentes russos tinham falsificado os dados do seu laboratório antidoping. A AMA vai pronunciar-se no próximo dia 9 sobre uma eventual sanção à Rússia.

Ivanyuk, de 26 anos, pronunciou-se ainda acerca das declarações de Travis Tygart, patrão da Agência Americana Antidoping (WADA). “Eles deviam olhar para os seus próprios atletas”, disse Ivanyuk, evocando as controvérsias sobre o doping nos Estados Unidos como a de Christian Coleman no último Verão.

Ibanyuk ainda espera ver a bandeira russa nos Jogos Olímpicos de Tóquio. “Tudo o que eu posso fazer é treinar e preparar-me para o imprevisto”.

 

Deixar Resposta