Doping: Maratonista marroquino El Mahjoub Dazza suspenso por quatro anos

0
71

O marroquino El Mahjoub Dazza de Marrocos, vencedor das maratonas de Praga e Fukuoka em 2019, foi suspenso por quatro anos pela Unidade de Integridade de Atletismo (AIU), devido a anomalias no seu passaporte biológico, anunciou ontem o órgão responsável pela luta contra o doping.

O marroquino de 29 anos, foi testado na véspera da sua vitória em Praga, em 9 de Maio de 2019 (2h5m58s). Fez depois mais sete testes até 4 de Novembro, um mês antes da sua nova vitória em Fukuoka, no dia 1 de Dezembro (2h7m10s).

30 dias para apelar

A suspensão de quatro anos imposta a Dazza entra em vigor em 10 de Janeiro de 2020, o início da sua suspensão provisória anunciada pela AIU. Ele tem 30 dias para recorrer ao Tribunal de Arbitragem do Desporto (TAS).

Deixar Resposta