Duas quenianas excluídas do Mundial de Estafetas por terem elevada taxa de testosterona

0
1458

As atletas quenianas Maximilla Imali e Evangeline Makena foram excluídas de representar o seu país no Mundial de Estafetas que começa hoje em Yokohama. Ambas são especialistas dos 400 metros e apresentaram uma elevada taxa de testosterona.

Foi uma decisão da Federação Queniana de Atletismo que respeitou assim o novo regulamento da IAAF que entrou em vigor no dia 8 deste mês e que obriga as atletas com hiperandroginismo a terem de baixar as suas taxas de testosterona.

“Nós não podemos correr o risco de viajar com as duas atletas após a recente decisão da IAAF sobre a restrição das taxas de testosterona das atletas femininas a partir de 8 de Maio”, declarou Paul Mutwii, diretor de competições da Federação queniana.

Deixar Resposta