Evelise Veiga (5ª) «expulsa» do pódio no último ensaio

0
256

Bem positiva a presença portuguesa na última jornada do Mundial de Sub’23, em Bydgoszcz, Polónia, com mais três lugares de finalista, através de Evelise Veiga (5ª no comprimento), da seleção de 4×100 m (5ª) e de André Pereira (8º nos obstáculos).

Evelise Veiga foi 5ª na final do comprimento, mas só no último ensaio saiu do pódio (3º lugar) que ocupava desde o terceiro ensaio, quando conseguiu 6,43 (v:+1,0). No último salto, a francesa Yanis David passou de 4ª (6,43 como Evelise mas com um segundo ensaio pior) para 1ª (6,56) e a alemã Anna Buhler de 6ª (com 6,40) para 2ª (6,50). Nem Evelise, que se desequilibrou no último ensaio, nem as duas primeiras conseguiram depois recuperar as suas posições. A ucraniana Maryna Bekh, com 6,48, fechou o pódio, cinco centímetros apenas acima da atleta portuguesa, que tem como recorde pessoal precisamente 6,48! Série de Evelise Veiga: 6,22-6,38-6,43-6,02-nulo-5,96.

André Pereira 8º nos obstáculos mas… desclassificado

Quem excedeu as expetativas foi André Pereira, com um muito honroso 8º lugar na final dos 3000 m obstáculos e um novo recorde pessoal de 8.52,10. Fez uma prova cautelosa (era dos últimos entre os 15 finalistas na primeira parte da prova) para terminar num lugar de finalista. Simplesmente, viria a ser desclassificado pois desequilibrou-se num dos obstáculos e colocou o pé no interior da pista. Perdeu o 8º lugar e o recorde pessoal. Desesperante! A prova foi dominada pelo italiano Yohanas Chiappinelli, com 8.34,33.

 

Estafeta 5ª com tempo para pódio

Excelente o 5º lugar da seleção de 4×100 m (José Lopes-Rafael Jorge-Ricardo Pereira-Ricardo Ribeiro), que até poderia ter ido ao pódio caso tivesse repetido o tempo da eliminatória (39,55). Correndo na pista 9, a seleção gastou 39,88 na final, a dois centésimos da França (4ª). Alemanha, campeã, e Grã-Bretanha dominaram (39,11), e a Finlândia fechou o pódio (39,70).

Na eliminatória, a equipa correra muito bem, sendo 3ª com 39,55, a escassos 18 centésimos do recorde nacional, conseguido em Debrecen’2007, quando a seleção (Dany Gonçalves-Arnaldo Abrantes-Ricardo Martins-Yazaldes Nascimento) conquistou a medalha de prata.

Marchadores com recordes pessoais

De manhã, Edna Barros (10ª) e Miguel Rodrigues (11º) foram os melhores portugueses nos 20 km, prova na qual os dois atletas masculinos bateram recordes pessoais: Miguel Rodrigues de 1.26.49 para 1.26.04 (11º de sempre) e Hélder Santos (que foi 14º) de 1.29.11 para 1.27.00 (mais de dois minutos!).

Na prova masculina, ganha pelo espanhol Diego Garcia em 1.22.29, Miguel Rodrigues esteve sempre regular (por cada légua: 21.20-21.29-21.34-21.42) e a ganhar lugares (era 15º a meio da prova), enquanto Hélder Santos terminou forte, com a sua légua mais rápida: 21.46-21.49-21.49-21.36.

A prova feminina foi ganha pela russa Klavdiya Afanasyeva, em 1.31.14, e Edna Barros, a melhor portuguesa, embora sem perder lugares, ressentiu-se um pouco na última légua: 23.31-24.00-24-50-25.36. Fez 1.37.35 e ficou a 32 segundos do seu recorde pessoal. Já Mara Ribeiro (1.35.45 na Taça da Europa) ficou longe do que vale (foi 14ª com 1.40.47), enquanto Mariana Mota foi 18ª com 1.45.59, a mais de três minutos do seu melhor.

OS PORTUGUESES NO EUROPEU SUB’23

PROVAS ATLETAS ELIM./QUAL. MEIAS-FINAIS FINAIS LUG. CONC.
100 m José Lopes 5º – 10,54/+1,5 5º – 10,51/+0,8 13º 41
Rafael Jorge 3º – 10,59/+0,5 4º – 10,53/+1,6 15º 41
Ricardo Pereira 5º – 10,62/+0,9 7º – 10,60/+1,5 21º 41
200 m Ricardo Ribeiro 4º-21,21/+0,9 6º-21,22/+0,9 11º 27
Rafael Jorge 4º – 21,22/0,0 6º-21,25/+0,9 12º 27
10000 m Miguel Marques 18º – 31.08,92 18º 19
3000 ob André Pereira 7º – 8.55,77 Desclassificado 23
Ricardo Barbosa 10º – 9.07,10 19º 23
400 bar. Diogo Mestre 6º – 52,00 18º 26
Comp. Miguel Marques 12º – 7,58/-1,4 6º-7,59/+1,1 31
Ivo Tavares 17º – 7,51/+4,3 17º 31
Disco Edujose Lima 17º – 53,39 17º 31
Martelo Miguel Carreira 26º – 60,39 26º 30
20 km M Miguel Rodrigues 11º – 1.26.05 11º 28
Hélder Santos 14º – 1.27.00 14º 28
4×100 m Seleção Nacional 3º – 39,55 5º – 39,88 14
(José Lopes-Rafael Jorge-Ricardo Pereira-Ricardo Ribeiro)
800 m Salomé Afonso 4ª – 2.07,10 12ª 24
10000 m Rute Simões 16ª – 35.25,33 16ª 26
Helena Alves 20ª – 36.18,40 20ª 26
Sónia Ferreira desistiu D 26
100 bar. Olímpia Barbosa 2ª-13,52/+0,2 4ª-13,46/+0,8 6ª-13,45/+2,3 27
Comp. Evelise Veiga 5ª-6,42/+0,9 5ª-6,43/+1,0 26
Teresa Carvalho 14ª-6,20/+1.9 14ª 26
Triplo Evelise Veiga 7ª – 13,29/-0,3 12ª-13,00/+0,4 12ª 22
Ana M. Oliveira 17ª – 12,78/-0,3 17ª 22
Disco Ophélie Oliveira 15ª – 49,48 15ª 24
Juliana Pereira 20ª – 47,19 20ª 24
Heptatlo Rafaela Vitorino 27ª – 4983 27ª 31
(14,89/+1,2-1,72-10,69-26,10/+1,2-5,65/+0,2-29,51-2.31,48)
20 km M Edna Barros 10ª – 1.37.55 10ª 27
Mara Ribeiro 14ª – 1.40.47 14ª 27
Mariana Mota 18ª – 1.45.59 18ª 27

Deixar Resposta