Evelise Veiga pode ser exceção num Europeu sub’23 com baixas expetativas

0
2257

A saltadora Evelise Veiga é a esperança portuguesa numa classificação honrosa no Campeonato da Europa de Sub’23 que se realiza em Bydgoszcz, Polónia, entre quinta-feira e domingo. A atleta da Juventude Vidigalense detém a oitava melhor marca pessoal (6,48) entre as 28 concorrentes ao salto em comprimento, pelo que um lugar na final é bem possível. Teresa Carvalho tem melhor recorde pessoal (os seus 6,52 são o quinto entre todas) mas a atleta tem tido vários problemas físicos, a sua marca já vem de 2014 e esta época apenas conseguiu 6,21.

De todos os outros atletas nacionais (serão 31), apenas os velocistas Rafael Jorge e Ricardo Pereira, ambos com 10,41 aos 100 m, estão na primeira metade em termos de recordes pessoais, mas a sua 19ª posição entre 46 concorrentes diz bem da dificuldade que terão em passar das meias-finais. Em 33 participações individuais nacionais, nada menos de 23 aparecem no último terço em termos de recordes pessoais, pelo que se espera apenas que todos procurem melhorar as suas marcas, sendo difícil exigir boas classificações.

Eis as posições dos recordes pessoais dos atletas portugueses entre os concorrentes às suas provas:

MASCULINOS
PROVA ATLETA REC. PES. LUG. CONC.
100 m Ricardo Pereira 10,41 19º 46
Rafael Jorge 10,41 19º 46
José Lopes 10,51 35º 46
200 m Rafael Jorge 21,14 20º 32
Ricardo Ribeiro 21,16 21º 32
1500 m Hugo Rocha 3.42,28 21º 31
10000 m Miguel Marques 29.51,27 15º 21
3000 ob. André Pereira 8.53,64 17º 24
Ricardo Barbosa 9.06,58 23º 24
110 bar. Paulo Neto 14,42 24º 28
400 bar. Diogo Mestre 51,53 22º 28
Comp. Ivo Tavares 7,67 19º 32
Miguel Marques 7,60 22º 32
Triplo Miguel Marques 15,55 18º 19
Disco Edujose Lima 55,86 22º 28
Martelo Miguel Carreira 65,66 24º 30
20 km M Miguel Rodrigues 1.26.49 18º 30
Hélder Santos 1.29.11 29º 30
FEMININOS
PROVA ATLETA REC. PES. LUG. CONC.
800 m Salomé Afonso 2.06,05 16ª 25
10000 m Sónia Ferreira 35.35,09 18ª 27
Helena Alves 36.02,14 22ª 27
Rute Simões 36.28,50 25ª 27
100 bar. Olímpia Barbosa 13,61 20ª 31
Comp. Teresa Carvalho 6,52 28
Evelise Veiga 6,48 28
Triplo Evelise Veiga 13,09 18ª 23
Ana M. Oliveira 12,82 22ª 23
Disco Juliana Pereira 51,04 19ª 25
Ophélie Oliveira 49,47 25ª 25
Heptatlo Rafaela Vitorino 5347 29ª 32
20 km M Mara Ribeiro 1.35.45 16ª 27
Edna Barros 1.37.23 19ª 27
Mariana Mota 1.42.35 23ª 27

Portugal já conquistou duas medalhas de ouro (Carlos Calado em 1997 e Rui Silva em 1999), quatro de prata (Carlos Calado, Vera Santos, equipa masculina de 4×100 m e Marcos Chuva) e cinco de bronze (Susana Feitor, Nelson Évora, Sara Moreira, Catarina Ribeiro e Irina Rodrigues). Há dois anos, entre os 30 atletas presentes, destacaram-se Marta Pen (6ª), Miguel Borges (7º) e Carlos Nascimento (8º), em posições de finalistas.

Na edição deste ano, destaque para as presenças da campeã olímpica do dardo, a croata Sara Kolac, e dos campeões europeus do triplo, o alemão Max Hess, e dos 5.000 e 10.000 m, a turca Yasemin Can.

Portugal ausente da última edição do Mundial juvenil

Também esta semana se realiza, em Nairobi (Quénia) a 10ª e última edição do Campeonato do Mundo de Juvenis, competição que a IAAF resolveu suspender, incentivando a realização de competições para juvenis a nível continental (só há Europeu desde a época passada). Portugal esteve sempre presente com um número limitado de atletas: entre os 12 da primeira edição, em Bydgoszcz, e os quatro de há dois anos, em Cali (Colômbia). António Vital Silva conquistou uma medalha de bronze no disco, em 2005.

Deixar Resposta