Ingresso de Nelson Évora no Sporting reforça pretensões dos “leões”

0
3372

Após a sensacional e surpreendente mudança de Nelson Évora do Benfica para o Sporting, e a cerca de uma semana para o final do período oficial de transferências,  a pretensão dos “leões” quererem recuperar a hegemonia do atletismo nacional, já na próxima época, começa a ganhar forma.
Com efeito as notícias do ingresso de novos atletas no clube de Alvalade não param de chegar e se, até há dias, os nomes anunciados não eram suficientemente fortes para colocarem em risco o domínio benfiquista dos últimos anos, desde a contratação do campeão olímpico Nelson Évora, do barreiraste Rasul Dabo e do lançador cubano ( naturalizado espanhol) Frank Casanas, as coisas começaram a mudar de figura, pois os sportinguistas veêm assim reforçada a sua capacidade competitiva em disciplinas em que levavam nítida desvantagem perante o seu adversário directo.
As transferências anteriores de Helio Gomes (meio-fundiste), Marco Caldeira (saltador)  Marco Fortes (lançador de peso), Rui Pedro Silva (fundista) e Tiago Aperta (lançador de dardo), não eram suficientes para originar o volte face, dado que em contra golpe o Benfica tinha garantido a contratação de David Lima, o que desfalcou imenso o sector da velocidade do Sporting, onde o regresso de Carlos Nascimento poderá não ser suficiente para contrapor o maior poderio dos benfiquistas.
Onde o Sporting leva nítida vantagem é nas senhoras, pois o retorno a Alvalade  de Carla Salomé Rocha e Catarina Ribeiro, vai  desequilibrar  a seu favor nas provas de estrada e corta-mato, onde as benfiquista exerceram domínio nos últimos anos. Porém nem todas estas transferências são pacíficas e poderão dar muito que falar no futuro imediato, já que o Benfica faz questão de ver ressarcidos os seus direitos contratuais, ameaçando com o recurso aos tribunais, caso a Federação venha a aceitar a inscrição doa atletas que estão formalmente vinculados ao clube por contratos desportivos.

Deixar Resposta