Jorge Vieira: “Não comprámos nenhum atleta, nem o fomos buscar”

0
2227

Num momento em que todos deviam estar a comemorar a medalha de ouro de Nelson Évora, assistimos ainda à polémica sobre a naturalização de Pedro Pichardo, impedido pela IAAF de também ter estado presente em Berlim.

Em declarações ao Diário de Notícias, Jorge Vieira, negou qualquer responsabilidade da Federação na vinda de Pedro Pichardo para Portugal. “A Federação não comprou nenhum atleta, não fomos nós que o fomos buscar. Há Federações que o fazem, compram atletas, esse não é o nosso caso.”

Como é sabido publicamente, a vinda de Pichardo e a sua naturalização foi da responsabilidade do Benfica, apoiando-se na lei que permite a naturalização com base nos elevados serviços que o cidadão possa prestar ao país.

Já acerca da declaração de Pichardo na rede social Instagram: “Sem a minha presença é fácil. Campeãoooo”, Jorge Vieira mostrou-se desgostoso. “Quanto às picardias? Dispenso-as completamente. Fiquei desgostoso. Só pode acontecer por parte de um atleta que não conhece a nossa cultura. A opinião é livre mas há limites e ele vai ter de perceber isso.”

A terminar, Jorge Vieira falou da importância em manter-se o bom ambiente existente no seio da seleção: “Temos uma seleção feita de harmonia e amizade, atletas que aqui esquecem os clubes que representam. Eu não gostaria que num futuro breve exista uma seleção desequilibrada”.

Seria bom que toda esta polémica acabasse e que Pichardo como português que é, possa desfrutar das melhores condições de treino para fazer aquilo que gosta. E que Nelson Évora continue a lutar pelas medalhas como o tem feito até agora e já prometeu fazer em Tóquio 2020. Há lugar para todos.

 

Deixar Resposta