Juniores do Benfica (grupo A) e Sporting (grupo B) na Taça dos Campeões

0
192

É este sábado que as equipas do Benfica, no grupo A, em Castellón (Espanha), e do Sporting, no grupo B, pelo oitavo ano consecutivo (!) em Leiria, numa organização da Juventude Vidigalense, participam na Taça dos Clubes Campeões Europeus de Juniores.

O Benfica, sucessivamente quinto em 2014 e 2015, quarto em 2016 e terceiro em 2017, tentará dar mais um passo no grupo principal, dominado na época passada pelos turcos do Fenerbahce (este ano será o Enke o representante turco) e pelos dinamarqueses do Sparta AM. O título europeu júnior é um objetivo da equipa portuguesa, que terá nos espanhóis do Playas de Castellón, que atuam em casa, outro adversário a ter em conta. O Benfica, folgado campeão nacional novamente este ano, possui nas suas fileiras vários dos melhores juniores nacionais da época, como Delvis Santos (100 m), João Coelho (200 e 400 m), Duarte Gomes (5000 m), Diogo Guerra (110 bar.), Manuel Dias (400 bar.), Júlio Almeida (triplo), Rodolfo Garcia (peso), Emanuel Sousa (disco) e Leandro Ramos (dardo) e aparece reforçado com o britânico Bayley Campbell no martelo (73,75 com o engenho de 6kg), oitavo no Mundial de Juniores deste ano.

O Sporting fará a sua estreia na competição, estando presente no grupo B com a ambição de ficar num dos dois primeiros lugares e ascender ao grupo A, no qual Portugal ainda não conseguiu estar. As melhores classificações no grupo B (3º lugar) foram alcançadas pelo Benfica em 2013 e 2917. Os encarnados ficaram na época passada a escassos dois pontos da subida. O Sporting, em competição com apenas quatro outras equipas, tem boas possibilidades de o conseguir este ano. E garantiu um reforço de peso: a queniana Fancy Cherono, especialista de obstáculos (vencedora dos Jogos Africanos de juniores este ano) mas que correrá os 3000 m.

O Benfica defrontará no grupo A as equipas campeãs da Turquia, Dinamarca, Espanha, Grã-Bretanha, Holanda, Rep. Checa e Slovénia. O Sporting encontrará no grupo B as campeãs de França, Lituânia, Eslovénia, Suiça e Eslováquia.

Deixar Resposta