Larissa Iapichino, segunda italiana da história no comprimento… atrás da sua mãe Fiona May

0
312

A jovem italiana Larissa Iapichino que faz amanhã 18 anos, saltou ontem 6,80 m em comprimento no meeting de Savona (norte de Itália) e passou a ocupar o segundo lugar do ranking italiano de todos os tempos, logo atrás dos 7,11 da sua mãe Fiona May. A jovem italiana bateu assim o recorde sub-20 do seu país.

LarissaA sua mãe Fiona May é filha de pais jamaicanos e começou por competir pela Grã-Bretanha. Adquiriu a nacionalidade italiana em 1994, devido ao seu casamento com Gianni Iapichino, ex-saltador da vara que chegou a ser duas vezes finalista em Europeus de pista coberta.

Já Fiona May obteve duas medalhas de prata no comprimento nos Jogos Olímpicos de Atlanta’96 e Sidney’00, assim como dois ouros, uma prata e um bronze em Mundiais ao ar livre. Também foi campeã mundial e europeia em pista coberta.

Com este salto de 6,80 m, a jovem Larissa Iapichino melhorou em 16 centímetros o seu anterior recorde pessoal e afirma-se com uma séria candidata a uma medalha nos próximos Jogos Olímpicos.

“Estou contente mas ainda tenho muitas coisas para melhorar. Embora como todos dizem, sou uma menina. Esta é uma boa prenda antecipada de anos, já que este sábado cumprirei 18”, disse a atleta.

Gianni Iapichino foi uma das protagonistas no ano passado dos Europeus sub-20 de Boras ao ganhar uma medalha de ouro com 6,58 m quando tinha apenas 16 anos.

No meeting de Savona, merecem ainda destaque, o britânico Andrew Pozzi nos 110 m barreiras com 13,33 s e o italiano Filippo Tortu com 10,12 nos 100 metros.

Deixar Resposta