Mais batoteiros apanhados na maratona de Pequim

0
1941

Cinco deles correram com o mesmo número de dorsal!

Os organizadores da maratona de Pequim disputada este mês, detetaram várias fraudes praticadas por participantes na prova popular e ameaçaram impor-lhes sanções para sempre, segundo informou o portal de notícias oficial China.org

Entre as fraudes agora detetadas, destaca-se a de cinco corredores que foram fotografados levando todos eles o mesmo dorsal (D0198), o que levantou suspeitas de que dividiram o percurso entre si.

Após publicar as fotografias desses corredores, os organizadores da maratona anunciaram uma investigação e prometeram que em caso de confirmar-se a fraude, os atletas enfrentam graves castigos, incluindo serem sancionados para sempre.

Não é a primeira vez que se detetam fraudes deste tipo nas cada vez mais populares maratonas da China. Vem aumentando o número de corredores dispostos a tudo para terminarem as provas.

Este problema tornou-se especialmente visível quando em Dezembro passado, a morte de um corredor numa prova realizada na cidade de Xiamen, sudeste do país, expôs os casos de fraude nas maratonas organizadas na China.

Depois um corredor chamado Hu ter morrido de ataque cardíaco, quando faltavam 4,5 quilómetros para chegar à meta, foi descoberto que ele correu em nome de outra pessoa. A organização desqualificou mais tarde, trinta dos 18.000 participantes.

Também tem havido casos de revenda e falsificação de dorsais. A proliferação destes casos já levou a Associação de Atletismo da China (AAC) a endurecer as sanções contra estes estratagemas a partir do passado mês de Março. Quem participar em maratonas sob um nome falso, ou recorrer a um substituto a meio da prova, arrisca-se a ser banido do desporto.

A primeira infração é punida com a interdição de voltar a correr na prova em que esta foi cometida. No caso de segunda infração, o infrator é banido de participar em todas as maratonas organizadas na China.

Desde que a primeira maratona foi organizada em Pequim, em 1981, que a modalidade ganhou popularidade no país. Em 2016, quase três milhões de pessoas participaram em 328 maratonas, em 133 cidades da China, um acréscimo de 150% face ao ano anterior. Este ano o país deverá organizar um total de 500 provas e o objetivo da AC passa por organizar 800 maratonas, até 2020, com mais de dez milhões de participantes.

Deixar Resposta