Manual de bons comportamentos nas corridas

0
160

A corrida é sem dúvida uma das modalidades desportivas mais democráticas que existem. Basta ter saúde e força de vontade para começar a correr. No mundo inteiro e em Portugal em particular, é cada vez maior o número de pessoas que se dedicam à corrida. Mas, à medida que aumenta o número de praticantes, aumenta também a possibilidade de comportamentos menos corretos.

Eis algumas dicas essenciais que poderão evitar problemas antes, durante e após cortar a meta.

Local correto na partida: Procure partir no bloco ou num local compatível com o seu nível desportivo. Se corre por exemplo para 60 minutos em 10 km, não se vá colocar no espaço onde estão os atletas que correm em 30 ou 40 minutos.

Correr em grupo: Se estiver correndo em dupla ou em grupo, procure ficar o mais compacto possível. Se estiver num grupo de três, fiquem dois à frente e um mais atrás. Procure não dificultar a passagem de quem vem de trás. Se logo na partida, perder de vista os seus amigos, não desespere. Ou os encontra mais à frente ou em último caso, depois na meta.

Atenção nos postos de abastecimentos: Assim que avistar um posto de abastecimento, tenha cuidado. Não faça movimentos bruscos e vá aos poucos para o lado onde fica o posto, preocupando-se sempre com quem estiver atrás. Em geral, os postos de abastecimento são mais extensos do que parecem à primeira vista. Não desespere por querer apanhar água logo na primeira mesa. Se perceber que algum companheiro de corrida não conseguiu desenvencilhar-se da multidão para se abastecer, não custa nada fazer a gentileza de dar-lhe uma garrafa.

Mandar fora a garrafa: Já bebeu água? Cuidado no momento de mandar fora a garrafa. Hoje, já há muitas provas que têm mais à frente contentores para depositar a garrafa. Nunca a atire para o chão onde estão os outros a correr.

Parar repentinamente: Evite parar bruscamente. Os ciclistas têm uma regra muito básica entre eles que se pode aplicar aos corredores. Se quiser parar por algum motivo (atar um dos sapatos ou mesmo se não estiver a sentir-se bem e quiser andar um pouco), faça um sinal com um dos braços e saia aos poucos para o lado, para um local de pouca concentração de pessoas.

Ultrapassar outros corredores: Se tiver um grupo de corredores à sua frente, não tente de forma forçar a passagem por algum lugar que não tenha espaço, como no meio, por exemplo. Se estiverem a prejudicar a sua passagem, peça licença e passe cuidadosamente. Se o corredor à frente tiver fones nos ouvidos, faça tudo com o maior cuidado, tocando muito gentilmente nas costas ou nos ombros dele para que ele possa dar passagem sem se assustar.

Não cortar caminho: As regras da corrida mandam tangenciar o percurso, mas é errado subir o passeio ou cortar caminho pelos relvados. Não faz parte do percurso da prova. Já não falamos daqueles que são capazes de apanhar um transporte público para sair uns quilómetros à frente.

Correr sem dorsal: Entrar numa prova sem ter feito a inscrição e correr sem dorsal é uma das coisas que mais afrontam os organizadores. Além de ser um desrespeito, uma vez que todo o suporte do evento é previamente programado para o número oficial de inscritos.

Correr com o dorsal de outro corredor: Se não tiver dorsal e tiver acesso a um de alguém que não vai correr, procure a Organização e veja se existe a possibilidade de trocar o dorsal para o seu nome, além do escalão e sexo. Não existe nada mais desagradável do que um corredor lançar a confusão num pódio com o escalão ou mesmo noutro sexo, porque transgrediu as regras e correu com um dorsal de outro atleta.

Sem direito à medalha: As medalhas são feitas exclusivamente para aqueles que completarem a prova. Se está inscrito mas não completou o percurso ou não correu a prova, não entre em conflito com os organizadores para pedir uma medalha que julga pertencer-lhe, apenas porque estava inscrito. Não peça para um colega correr com o seu chip ou dorsal para apanhar a medalha. Afinal, qual o prazer em ganhar uma medalha sem mérito?

Cuidados com os fones nos ouvidos: As pessoas que correm ouvindo música têm que redobrar os cuidados com tudo o que acontece à sua volta. Hoje, nos Estados Unidos, por questão de segurança, em muitas competições não é permitido o uso de headphones. Uma ambulância pode ter que passar com rapidez e o corredor pode não ouvir a sirene ou mesmo as orientações no altifalante. Isso sem falar que, durante o percurso, é preciso estar atento aos que vêm, principalmente de trás. Em treinos, use apenas em locais seguros, como parques. Evite ao máximo em locais abertos ao trânsito.

Mandar fora objetos estranhos na partida: É comum, vermos em provas com milhares de participantes e que obrigam a um período grande de espera pelo início da prova. Na partida, nunca atire para o chão camisolas, blusas, garrafas de água ou outras coisas. As pessoas podem tropeçar. Da mesma forma, uma vez que já tenha optado por ir para a partida, tenha a certeza de que já fez o seu último chichi. Respeite o espaço público e não faça de forma alguma um chichi no local da partida. Para além da falta de respeito para com os outros, é falta de higiene.

Cuspir sem rumo: Qualquer coisa que mande fora quando está a correr, pode acertar noutra pessoa, devido à ação do vento. Isso vale também para as cuspidelas e espirros, que muitas vezes tomam rumos que ninguém imagina. Para evitar isso, não custa nada levar um lencinho de papel e fazer isso discretamente, sem atingir o colega do lado.

Cortar a meta: Não pare de repente na chegada nem a corte de forma desenfreada, como se existissem mais alguns metros de prova. Preste atenção aos corredores que estão à sua frente e tenha todo o cuidado com os que vêm atrás. Uma vez que tenha cortado a meta, siga as instruções dos membros da Organização e não fique por ali. Passe normalmente, seguindo o fluxo, e espere o seu amigo de corrida numa área em que não prejudique o andamento da prova.

Respeito às mulheres: Não existe nada mais desagradável do que ter uma prova feminina e deparar-se com homens a correr e a puxar por outras mulheres. Além de ser contra as regras da corrida, já que estão a correr sem dorsal, tal prejudica o ritmo de prova de quem corre. É o momento especial das mulheres e nada mais justo do que os homens respeitarem isso. O mesmo vale para gracinhas e palavras ofensivas dirigidas às corredoras.

Ajuda para quem precisa: Se perceber que alguém está a passar mal na corrida, ofereça sempre ajuda. A sua assistência pode custar uma vida. Procure alguém da Organização para que a pessoa possa ser atendida o mais rapidamente possível.

Deixar Resposta