Maratona de Berlim no dia 16. Saiba tudo sobre a prova

0
1778

A maratona de Berlim é reconhecida como sendo aquela das Majors onde se podem obter melhores tempos. Percurso plano, avenidas largas, organização impecável e atmosfera propícia para a prática da corrida, com cerca de um milhão de espetadores a incentivarem os atletas. Não é por acaso que já lá foram batidos dez recordes mundiais.

Por isso, na preparação para a prova não é necessário exagerar nos treinos de subidas Quem pensar em bater o seu recorde pessoal, deve focar principalmente os treinos na velocidade e intensidade. É importante o atleta treinar forte, para o corpo acostumar-se com os impactos da corrida e atingir uma velocidade constante durante a prova.

Inscrições e expo

Correr a Maratona de Berlim não é uma missão simples. Para o sonho ser realizado com sucesso, é necessário em primeiro lugar, um pouco de sorte. Há um sorteio que normalmente, é aberto um mês após o dia da prova. Se o atleta popular for dono de um bom tempo na distância, consegue um lugar garantido na cota dos “Fast Runners”, lugar reservado para quem tem uma marca abaixo de 2h45m para os homens (2h55m se tiver mais de 45 anos) e 3 h para mulheres (3h20m se tiver mais de 45 anos). Outra forma de ter lugar cativo é ser um “veterano da prova”.

Para isso, é preciso correr a prova dez vezes. A partir da 11ª, ingressa no grupo Jubilee Club, nome dado para quem conseguir esse feito.

Caso seja sorteado, o corredor terá de pagar pela inscrição 108 euros. O chip tem de ser devolvido no final da prova. Se não for devolvido dentro de 24 horas, o atleta paga uma multa, que é debitada do cartão em que foi feita a inscrição.

Este ano, os dorsais devem ser retirados na Expo Berlin Vital, entre 13 a 15 de Setembro. O local está a poucos metros da estação Platz der Luftbrücke, numa das linhas do U-Bahn, o metro da cidade. A feira está recheada de novidades do mundo da corrida e de produtos exclusivos da prova.

Dicas e curiosidades

  • Uma boa forma de conhecer mais sobre a história de Berlim é procurar um free walking tour, que percorre as principais atrações da cidade. Como sugere o nome, o tour é gratuito, mas é de bom grado dar uma gorjeta aos guias.
  • Berlim é recomendada para quem é um bom garfo. Não terá problemas em encontrar os pratos que deseja, sejam opções vegetarianas ou da cozinha italiana, ideal para preparar o corpo de energia na véspera da maratona. Quem quiser aventurar-se na carne de porco e nas tradicionais salsichas, não irá arrepender-se.
  • A Bambini Race, destinada a crianças até aos 10 anos, é uma iniciativa da organização para curtirem os benefícios da atividade física. As distâncias variam entre 400 e os 1.000 metros. É possível inscrever-se até 30 minutos antes da prova seguinte. O valor desta minimaratona é de 11 euros e o registro pode ser feito on-line.
  • O espanhol Abel Antón foi o último homem branco a vencer em Berlim. Em 1996, Antón cortou a meta em 2h09m15s. Já em femininos, entre 2000 e 2005, apenas corredoras japonesas venceram a prova, com destaque para Mizuki Noguchi, que em 2005 bateu o recorde feminino da maratona (2h19m12s).

Deixar Resposta