Maratona de Londres com muito calor no domingo

0
1661

A maratona de Londres que se disputa no próximo domingo pode ser a edição mais quente da história, com temperaturas superiores a 24ºC durante a prova.

A Organização já tem preparado um plano de contingência caso as previsões se confirmem e enviará alguns conselhos aos atletas inscritos e até aos espetadores para se prevenirem.

O recorde de temperatura da prova registou-se em 1996 e 2007 quando o termómetro marcou 22,2 ºC.

Na edição de 2007, a Organização instalou duches ao longo do percurso para que os atletas se pudessem refrescar e acrescentou mais 2.600 garrafas de água às habituais de que dispunha a prova.

Naquele ano, morreu um atleta depois de sofrer um colapso e mais de cinco mil pessoas foram atendidas e 73 foram enviadas ao hospital.

A edição deste ano comemora o 110º aniversário da Maratona Olímpica de 1908, a primeira a adotar a distância de 42 km.

Organizada pela primeira vez em 1981 por Chris Brasher, campeão olímpico dos 3.000 m obstáculos em Melbourne 1956 e pelo atleta galês John Disley, tornou-se numa das mais importantes maratonas do mundo e distribui cerca de um milhão de dólares em prémios monetários. É ainda citada no Guiness Book of Records como o evento mundial que consegue mais fundos para caridade. Em 2009, esse valor atingiu os 47,2 milhões de libras.

Entre os vencedores da prova, temos dois portugueses. Rosa Mota em 1991 e António Pinto em 1992, 1997 e 2000.

 

Deixar Resposta