Maratona: Kipchoge faz história e derruba barreira das duas horas em Viena

0
119

O queniano Eliud Kipchoge, de 34 anos, é o primeiro maratonista da história a derrubar a barreira mítica das duas horas à maratona, hoje de manhã em Viena, ao passar a linha de meta em 1.59.40,02.

Uma média de 21 km/h

Foi uma manhã histórica, ainda que a marca não possa ser homologada como recorde do mundo. Kipchoge teve a companhia de 41 prestigiados atletas de vários continentes que valem 55 medalhas olímpicas e mundiais. Ao longo do percurso, as sete “lebres” que se foram revezando, rodearam Kipchoge, correndo a um ritmo que oscilou entre os 2.48 e os 2.52/km.

O percurso apresentava um desnível quase nulo, com somente duas largas viragens. O pelotão rolava cerca de 15 metros atrás do carro-relógio que projetava raios lasers no solo para sinalizar o percurso ideal.

Kipchoge e a sua equipa puderam também escolher a janela ideal para tentar este record. A temperatura era de 9ºC à partida.

Com uma passagem em 59m35s à meia maratona, Kipchoge, protegido pelas suas “lebres” não sentiu o efeito do chamado muro. Já dentro do último quilómetro, o queniano saiu do pelotão para sprintar diante dos muitos milhares de espetadores que não quiseram de estar presentes, nesta manhã histórica.

kipchoge 3Cortada a meta e atingido o grande objetivo, foi a loucura total, com Kipchoge a ser levado em ombros pelos outros atletas que fizeram de “lebres”.

Foi uma corrida preparada laboratorialmente. E o laboratório funcionou a 100%. Mesmo que o resultado não possa ser homologado, ele não pode ser de alguma forma desvalorizado. Apesar de tudo ser sido devidamente preparado, o êxito só foi possível porque Kipchoge foi capaz de correr abaixo das duas horas.

Tempos de passagem

Km 5 : 14’14”
km 10 : 28’28”
km 15 : 42’34”
km 21 : 59’35”
km 30 : 1h25’11”
km 35 : 1h39’23”
km 40 : 1h53’36”
km 42,195 : 1h59’40”

Deixar Resposta