Medicina Tradicional Chinesa previne problemas na coluna

1
2844

Problema afeta mais de 70% das pessoas

Sabe-se que os problemas da coluna afetam boa parte da população, ao longo da sua vida. Os tratamentos são diversos e entre eles, temos a acupuntura. Publicamos seguidamente um artigo de Joana Neves de Sousa versando este problema de saúde.

“Reconhecida pela Organização Mundial de Saúde (OMS), segundo o Gabinete de Saúde, a acupuntura contribuiu para o alívio da dor em 82% dos casos, eficácia de 72% nos casos de dor lombar ou ciática e melhoria em 65% dos casos de artrite. Desta forma, torna-se relevante o tratamento de problemas na coluna através da Medicina Tradicional Chinesa.

Segundo a OMS, 7 em cada 10 pessoas têm problemas na coluna durante a sua vida e esta causa tornou-se a segunda principal razão de ida ao médico. As dores nas costas são ainda responsáveis por 50% dos casos de incapacidade física na população adulta, levando 400 mil portugueses a faltarem ao trabalho por ano, uma média superior a 33 mil por mês.

Com a chegada do frio, os músculos contraem e leva ao aumento das dores nas articulações nesta época do ano, principalmente na coluna. E são os menos ativos são os que mais sofrem, levando ao aparecimento de doenças degenerativas como artrites, artroses, dormência e formigueiro nas mãos. Contudo, o número de jovens e adultos com esta patologia está também a aumentar.

“A acupuntura deve cada vez mais ser vista como uma solução válida para qualquer tipo de dor ou inflamação, apresentando efeitos analgésicos, de relaxante muscular e anti-inflamatórios, auxiliando no tratamento de dores lombares. Os resultados de um estudo recente publicado no Clinical Journal of Pain demonstraram a eficácia da acupuntura no alívio das dores, e que foi também um procedimento seguro e eficaz., corrobora o especialista Hélder Flor.

Estas patologias estão interligadas, uma vez que a coluna é a principal parte do corpo que estabelece a ligação com todo os outros membros. As novas diretrizes do American College of Physicians sobre o tratamento da dor lombar apontam a acupuntura como tratamento mais eficaz para alívio da dor e melhoria ao invés do uso de medicamentos farmacêuticos.

A Ordem dos Médicos dos Estados Unidos é clara e também aconselha que médicos e pacientes passem a optar pelo tratamento não-farmacológico com calor superficial, massagem ou acupuntura em todos os casos de dor aguda na região lombar. O documento, que assina um conjunto de “fortes recomendações” para ortopedistas e clínicos gerais, baseia a sua nova estratégia num conjunto de estudos clínicos que “evidenciam cientificamente” que as técnicas utilizadas pela medicina tradicional chinesa promovem o mesmo tipo de melhorias que a terapêutica medicamentosa, pelo que a utilização de medicamentos pode ser, em muitos casos, substituída por tratamentos não invasivos”.

 

1 Comentário

  1. A quem diga que o verdadeiro milagre da acupuntura é que as pessoas ainda acreditam nela
    Acupuntura e ciência
    Vou citar “Foi feita mais pesquisa em acupuntura do que praticamente qualquer outro tipo de medicina alternativa, mas a evidência desses milhares de estudos aponta conclusivamente para o facto de que a acupuntura, na pior das hipóteses, é completamente ineficaz e, na melhor das hipóteses, não é mais eficaz do que um placebo.”
    Por que as pessoas ainda acreditam nesta “terapia”?

    História da acupuntura

    Em 2013, o farmacologista britânico David Colquhoun publicou um artigo interessante sobre as evidências contra acupuntura na revista Anesthesia & Analgesia.
    Muitas vezes, é alegado que a acupuntura é uma prática médica antiga refinada e reverenciada há milhares de anos. Mas, embora seja de facto uma prática médica antiga, a acupuntura tem na verdade estado em declínio há durante milhares de anos.
    Acupuntura auricular ajuda a emagrecer?
    Em 1822, foi proibida da Academia Médica Imperial por Dao Guang na China. Em 1966 que foi reavivada pelo presidente Mao Zedong. Ele chegou a afirmar que, pessoalmente, não acreditava nela, mas tinha que promover a medicina chinesa.
    Acupuntura tradicional funciona um pouquinho melhor do que a falsa.
    Apesar de todos estes obstáculos, a acupuntura tem ressuscitado no século XXI num mundo ocidental que (indiscutivelmente com razão) passou a ter medo e ficar desconfiado da medicina padrão.
    Placebo
    Espantosamente, o benefício da acupuntura é tão pobre que, com a abundância de estudos feitos e mesmo em comparação com nenhum tratamento, as suas vantagens são praticamente impossíveis de se perceber.
    “Certamente, tal soma de resultados negativos resultaria na retirada de qualquer tratamento convencional”, comenta David Colquhoun.
    Caso pense que os benefícios do efeito placebo são melhores do que nada, pode ter um pouco de razão. De facto, só recentemente começamos a entender esse poderoso efeito, que funciona mesmo quando a pessoa está plenamente consciente de que a intervenção é apenas um placebo.
    Acupuntura pode curar… Mas apenas como placebo.
    Mas, para os especialistas em medicina moderna, a resposta simples é que todos os medicamentos envolvem um efeito placebo. Acupuntura e outras medicinas alternativas não são de alguma forma “provedoras exclusivas” desse efeito. É por isso que, segundo a comunidade médica, para um verdadeiro remédio ser aprovado não deve apenas ser melhor do que nada; deve ser mais eficaz do que um placebo.
    Afinal, porque e até que ponto a acupuntura funciona?
    Conclusão
    “Quase todos os testes com medicinas alternativas parecem acabar com a conclusão de que é necessária mais investigação. Depois de mais de três mil estudos, isso é duvidoso. Desde que não tenha sido possível encontrar evidências consistentes depois de mais de três mil estudos, parece ter chegado hora de desistir”, opina Colquhoun.

Deixar Resposta