Noah Lyles: “Não haver Jogos Olímpicos não significa que não queira correr”

0
322

Noah Lyles sente-se novamente com vontade de correr. Depois do adiamento dos Jogos Olímpicos, o atual campeão mundial dos 200 metros renova a esperança do regresso à competição, dada a evolução favorável da pandemia em muitos países.

“Neste momento, estamos numa situação em que estamos tratando de decidir se nos vamos manter em forma. E logo que a Liga Diamante ou qualquer de outros meetings mais importantes decidam avançar, treinaremos para isso. Claro que descobriremos como nos prepararmos para os Jogos Olímpicos no próximo ano. O nosso plano é maior. Mas ainda queremos estar em forma e ainda queremos poder fazer algum tipo de temporada. Apenas porque os Jogos Olímpicos foram adiados, isso não significa que não queira correr. O meu primeiro amor é correr, assim quero fazê-lo”, disse Lyles numa entrevista ao Comité Olímpico Internacional.

Acerca dos seus treinos, o norte-americano explicou que as pistas mais próximas estão fechadas, pelo que tem treinado na relva nos últimos meses. “Realmente, não podemos correr porque estamos na relva. Esta deixa realmente muita da tua força no solo. É um parque e é realmente como um caminho. Portanto, tem sido muito limitado. Encontrámos um pequeno lugar para fazer simulacros e só tratando de correr num caminho por uns 300 metros. Mas há colinas pelo meio, assim não é plano. Não vais correr uma e outra vez por este caminho, especialmente se há gente a passear cães e coisas assim”.

Deixar Resposta