O que comer ao correr à noite?

0
2929

Correr à noite exige estratégias diferentes até na dieta. Saiba o que deve comer para otimizar o seu desempenho

O calendário das corridas noturnas está a pleno vapor. E elas estão cada vez mais populares entre os corredores, como pôde ser constatado no Verão e em provas como as Night Run e as S. Silvestres, que reúnem cada vez mais participantes.

Além de se preparar para uma dessas corridas, muitas pessoas acabam por correr à noite devido à sua agenda apertada. Mas existem diferenças entre esse tipo de corridas e aquela mais tradicional, logo de manhã cedo. A alimentação é uma delas. Afinal, o que se deve comer em corridas noturnas para otimizar o seu desempenho?

Na realidade, para que todas as necessidades nutricionais sejam supridas, é fundamental manter uma alimentação adequada durante todo o dia, comendo a cada três horas e seguindo uma dieta equilibrada. Nada de sair para correr tendo no estômago, apenas, o que comeu ao almoço. Isso prejudica o seu rendimento e ainda traz malefícios para a saúde. O ideal, nesse caso, é alimentar-se cerca de uma hora antes do treino ou da prova, para que haja tempo de ocorrer o esvaziamento gástrico. Além disso, é importante associar algum carbohidrato a um alimento rico em proteína magra e gordura saudável nessa refeição, antes da corrida. Uma boa sugestão é o pão sem glúten com peito de perú e um pouquinho de azeite.

Mais: não jante antes de correr. O ideal é fazer apenas um lanche e comer algo mais pesado apenas após o treino ou a corrida, com um intervalo de, no máximo, uma hora, para aproveitar a “janela de oportunidade”, que é quando ocorre a reposição de glicogénio muscular, que recupera as fibras musculares e causa o aumento da massa magra, essencial para que o seu rendimento continue bom.

Durante o dia, preocupe-se, também, com a hidratação. Deve beber cerca de dois litros de água durante o tempo em que está acordado. Quando faltarem cerca de duas horas para a corrida, beba um pouco mais de água para estar bem hidratado durante as passadas. Mas lembre-se de esvaziar a bexiga antes de começar a correr. E, em corridas mais longas, que passam de uma hora, deve, ainda, tomar algum isotónico para continuar com energia suficiente na corrida.

 

Deixar Resposta