Os dez maratonistas mais rápidos da história

0
455

Seis etíopes e quatro quenianos. Berlim com sete marcas, Londres com duas e Dubai com uma.

Abril costuma ser um dos meses mais importantes para os maratonistas. É nesse mês que se disputam as maratonas de Boston, Paris, Londres, Roterdão, Istambul, Viena e Roma, entre outras.

Mas este ano e devido à pandemia do coronavírus, nem uma delas se realizou. A de Londres por exemplo, estava marcada para o dia 26 e aguardava-se com muito interesse o duelo entre Kenenisa Bekele e Eliud Kipchoge.

Nesta lista dos dez atletas (alguns deles têm várias outras marcas mas vamos apenas considerar os nomes deles) mais rápidos de sempre a completar os 42.195 metros. Temos seis etíopes e quatro quenianos. Berlim regista sete marcas, Londres duas e Dubai, uma.

1 – Eliup Kipchoge, 2h01m39s (Berlim, 2018)

kipchogeEm Berlim, naquela que é considerada a maratona mais rápida do mundo, o queniano baixou em 1m18s o anterior recorde mundial que já lhe pertencia. Depois, no passado mês de Outubro, em Viena, conseguiu a proeza de baixar das duas horas (1h59m40s), embora numa prova não homologada por diversas razões.

 

2 – Kenenisa Bekele, 2h01m41s (Berlim, 2019)

Kenenisa BekeleApenas dois segundos separaram o etíope Bekele do recorde mundial. Berlim voltou a ser o palco desta grande marca. Foi por escassos metros que não caiu o recorde mundial.

Bekele, de 37 anos, venceu os Mundiais de Corta-Mato entre 2003 e 2009. É o detentor de cinco recordes mundiais, três deles em pista coberta. Tem cinco medalhas de ouro em Mundiais de Atletismo e três em Jogos Olímpicos. Depois de encerrar a carreira nas pistas, dedicou-se à estrada, vencendo a maratona de Paris na sua estreia em 2014. Venceu ainda em Berlim em 2016 e 2019.

3. Birhanu Legese, 2h02m48s (Berlim, 2019)

Birhanu LegesseA edição de Berlim 2019 foi uma das maratonas mais rápidas da história. O etíope Legese chegou atrás de Bekele e registou a terceira melhor marca de sempre. Venceu a maratona de Tóquio em 2019 e 2020. E Legese tem apenas 25 anos, ainda tem uma elevada margem de progressão.

 

4. Mosinet Geremew, 2h02m55s (Londres, 2019)

Mosinet GeremewOutro etíope e outra marca registada no ano passado. No mês anterior, Geremew tinha corrido em Lisboa a Meia Maratona da Ponte 25 de Abril, vencendo em 59m37s. Depois, foi segundo no Mundial de Doha. Nascido em 1992, venceu em 2018 pela quarta vez consecutiva a Meia Maratona Internacional de Yangzhou Jianzhen.

5. Dennis Kimetto – 2h02m57s (Berlim, 2014)

Dennis KimettoO queniano, ex-recordista mundial até Setembro 2018, tem no seu curriculum, triunfos em maratonas como as de Tóquio, Chicago e Berlim. Foi aqui que ele conseguiu o seu recorde pessoal em 2014.

É o recordista mundial dos 25 km, quando venceu em Berlim 2012 com 1h11m18s, sendo ainda um novato entre a elite mundial do atletismo. Em 2012, estreou-se na maratona, sendo segundo em Berlim com a marca de 2h04m16s, um segundo após o vencedor, o seu compatriota Geoffrey Mutai, e com o melhor tempo do mundo para um estreante na distância. Na época, a sua marca também foi a quinta melhor da história.

6. Emmanuel Mutai, 2h03m13s (Berlim, 2014)

Emmanuel MutaiMutai, de 36 anos, conseguiu a sua melhor marca de sempre também em Berlim e no mesmo ano que o recorde pessoal do seu compatriota Kimetto.

O queniano nascido em 1984, Estreou-se na distância em 2007, vencendo a Maratona de Amesterdão. Depois de dois quartos lugares na Maratona de Londres em 2008 e 2009, conquistou a medalha de prata nos Mundiais de Berlim 2009. Em 2010, ficou em segundo lugar nas maratonas de Londres e Nova York. No ano seguinte, venceu a Maratona de Londres.

6. Wilson Kipsang Kiprotich, 2h03m13s (Berlim), 2016)

Wilson Kipsang KiprotichKipotrich compartilha com Mutai a mesma marca. Para variar, ela foi obtida em Berlim mas em 2016, onde foi segundo. Venceu entre outras, as maratonas de Frankfurt e Londres, ambas por duas vezes, Nova York, Tóquio e Honolulu.

Foi muito falado nas últimas semanas por ter ignorado a quarentena em vigor no seu país e ter sido apanhado num bar com outros atletas. Anteriormente, foi polícia durante três anos.

8. Mule Wasihun, 2h03m16s (Londres, 2019)

Mule WasihunApesar de ser o oitavo maratonista mais rápido de sempre, o etíope Wasihun, de 26 anos, foi apenas terceiro em Londres, na edição do ano passado, onde conseguiu as 2h03m16s.

Foi medalhado de prata por equipas no Mundial de Meia Maratona disputado em 2016. Estreou-se na maratona em Dubai 2015, mas foi apenas 11º com 2h10m57s. Também esteve em 2019 nos Mundiais do Qatar mas não aguentou as duras condições climatéricas de Doha.

9. Getaneh Molla, 2h03m34s (Dubai, 2019)

Getaneh MollaO etíope Molla, de 26 anos, é o único dos dez maratonistas mais rápidos do mundo que não obteve o seu record pessoal na Europa mas sim no Dubai, em 2019.

O primeiro triunfo de Molla a nível nacional foi em 2015, nos 5.000 m do Campeonato de Atletismo do seu país. Repetiu o triunfo no ano seguinte.

 

10. Sisay Lemma, 2h03m45s (Berlim, 2019)

Sisay LemmaLemma é o terceiro maratonista desta lista que obteve o seu recorde pessoal na edição de Berlim, em 2019, atrás de Bekele e Legese. O etíope, que faz 30 anos em Dezembro, começou por correr descalço no seu país, devido à pobreza.

Em 2012, venceu a maratona de Carpi. No ano seguinte, venceu a de Orlen Varsóvia. Em 2015, venceu as maratonas de Viena e Frankfurt.  Em Outubro de 2018, venceu a maratona de Lausanne, batendo o recorde do percurso com 2h04m58s.

Deixar Resposta