OS MELHORES DO ANO

21
1951

Entrados em junho, começam a ganhar (alguma) forma os rankings da época, embora vários dos principais atletas ainda não se tenham estreado e outros o tenham feito a “meio gás”.

Este fim-de-semana, para além dos resultados do Meeting da Maia, há a salientar duas marcas conseguidas na Ribeira Brava por dois atletas ainda juniores: o sportinguista Nuno Pereira correu os 800 m em 1.49,88 e João Pedro Buaró (Estreito) tornou-se o quarto júnior nacional a passar 5,00 com a vara.

Entretanto, quatro atletas nacionais estiveram no meeting de lançamentos de Halle, na Alemanha: Edujose Lima obteve 53,75 no disco; Miguel Carreira 65,17 e Ruben Antunes 60,23 no martelo; e Eliana Bandeira lançou o peso a15,62. Em Praga, Francisco Belo lançou o peso a 20,53 e, na Polónia (Gliwice), Tsanko Arnaudov ficou-se pelos 18,55.

Destaque ainda para os 10,52 (e 10,54) de Ancuiam Lopes em França (St. Denis). Filipe Vital Silva esteve nos campeonatos de Espanha de clubes, lançando o peso a 15,91 e o disco a 54,30. Ainda em França, Salomé Afonso ganhou uma prova de 800 m no meeting de Tergnier com um recorde pessoal de 2.06,61; Olímpia Barbosa fez 13,60 (v:+1,0) no sábado e 13 43 (+2,5) no domingo, nos 100 m barreiras, e Andreia Crespo correu os 400 m barreiras em 59,82 e 59,55, respetivamente. No peso, Jéssica Inchude ganhou com 16,84 e Francislaine Serra foi segunda com 16,33.

Vejamos a lista dos melhores do ano:

MASCULINOS PROVAS FEMININOS
Carlos Nascimento SCP 10,31 100 m Lorène Bazolo SCP 11,43
Carlos Nascimento SCP 21,07 200 m Lorène Bazolo SCP 23,73
Raidel Acea SLB 46,08 400 m Cátia Azevedo SCP 52,44
Luís Monteiro SCP 1.49,41 800 m Salomé Afonso SCP 2.06,61
Isaac Nader SLB 3.43,77 1500 m Mariana Machado SCB 4.13,17
Isaac Nader SLB 8.01,66 3000 m Mariana Machado SCP 9.01,86
Andralino Furtado SCP 13.58,56 5000 m Jéssica Augusto SCP 15.54,51
António Pedro Rocha SSC 29.33,04 10000 m Dulce Félix SLB 31.55,95
André Pereira SLB 8.49,67 3000 ob. Daniela Sousa GDE 10.16,74
Edson Gomes SCP 14,16 100 bar. Olímpia Barbosa SCP 13,60
Diogo Mestre SLB 52,54 400 bar. Andreia Crespo SCP 59,55
Tiago Pereira SCP 2,17 altura Lecabela Quaresma SLB 1,74
Diogo Ferreira SLB 5,30 vara Marta Onofre SCP 4,15
Marcos Chuva SLB 7,84 comp. Evelise Veiga SCP 6,58
Carlos Veiga SCP 15,67 triplo Evelise Veiga SCP 14,32
Francisco Belo SLB 20,97 peso Jéssica Inchude SCP 16,99
Francisco Belo SLB 57,94 disco Irina Rodrigues SCP 60,81
Décio Andrade GDE 70,42 martelo Vânia Silva SCP 63,08
Leandro Ramos SLB 77,52 dardo Cláudia Ferreira SCP 51,62
Abdel Larrinaga SLB 7377 dec./hept. Mariana Bento SCP 4681
João Vieira SCP 1.22.06 20 km M Ana Cabecinha COP 1.31.12
João Vieira SCP 3.46.38 50 km M Inês Henriques CNRM 4.13.57
Nuno Lopes SCP 2.16.40 maratona Salomé Rocha SCP 2.24.47
SL Benfica SLB 40,36 4×100 m Sporting CP SCP 45,49
SL Benfica SLB 3.07,27 4×400 m Sporting CP SCP 3.34.29*

*Com uma atleta estrangeira

 

Melhores marcas em pista coberta

Masculinos:  800 m – José Carlos Pinto (SLB) 1.49,22; 1500 m – Paulo Rosário (SCP) 3.43,37; vara – Diogo Ferreira (SLB) 5,50; comp. – Marcos Chuva (SLB) e Ivo Tavares (SLB) 7,86; triplo – Pedro Pichardo (SLB) 17,32; peso – Francisco Belo (SLB) 20,97 (=)

Femininos: 800 m – Cátia Azevedo SCP 2.05,96; altura – Anabela Neto (SCP) 1,82; vara – Eleonor Tavares (SCP) 4,27; triplo – Patrícia Mamona (SCP) 14,44

21 Comentários

  1. A marca de 3.45,76 do Marcin Lewandowski não deveria estar nesse apontamento de Atletas estrangeiros com melhor marca (Já que a melhor marca do ano são os 3.43,77 do Isaac Nader). Já a marca dele indoor sim é melhor (3.36,50).

        • Caro Arlindo,
          Contatei o Arons de Carvalho acerca das suas observações em relação aos atletas estrangeiros e ele escreveu-me o seguinte:
          “A questão aqui é mais complexa e penso que o melhor é mesmo retirar a menção aos atletas estrangeiros. Não faz sentido considerar marcas do Lewandowski ou da Yarigo feitas pelos clubes da terra deles. Eu só considero aquelas em que competiram por Benfica ou Sporting (TCCE). Nos rankings é isso que faço. E há aqui atletas que nem sei se são do SLB ou do SCP, já que nunca competiram cá.

  2. Concordo.
    A colocar essa menção talvez a melhor forma fosse apenas considerar os atletas presentes na última atualização da listagem oficial publicada pela FPA de atletas estrangeiros autorizados a participar/pontuar em competições nacionais de clubes:

    https://www.fpatletismo.pt/sites/default/files/Listagem%20de%20Atletas%20Autorizados%2028022019.pdf

    +

    os atletas estrangeiros menores de idade residentes em portugal há pelo menos 2 anos.

    Relativamente aos rankings portugueses fica apenas a faltar os 200m masculinos em que o luso-helvético William Reais correu em 21,00 (-0,1) no passado dia 1 de Junho em Lausanne.
    Relativamente ao texto, apenas a Salomé Afonso não fez recorde pessoal.

Deixar Resposta