Portugal (37 medalhas) com a melhor presença de sempre em Mundiais de Veteranos

0
1973

Com um total de 37 medalhas conquistadas, das quais 12 de ouro, a seleção nacional conseguiu a melhor presença de sempre em Mundiais de Veteranos na edição deste ano que terminou este domingo, em Málaga (Espanha). O máximo anterior estava em 26 medalhas, há três anos, em Lyon (França), e, antes, 23 medalhas em Durban’1997. Em Campeonatos da Europa, apenas uma vez, no ano passado, em Aahrus (Dinamarca), a seleção conseguiu mais medalhas: 39.

Portugal obteve assim um honroso 14º lugar no “medalheiro” deste Mundial (12º em número de títulos), entre 73 países que conseguiram medalhas. A proximidade de Málaga, possibilitando a presença de mais de uma centena de atletas, ajudou e a quantidade de medalhas tem naturalmente a ver com a realização de perto de mil provas, considerando todos os escalões a partir dos 35 anos.

Portugal foi especialmente forte nas provas de estrada, corta-mato e marcha, conquistando aí nada menos de 25 das 37 medalhas. Destaque para Bernardino Pereira, com mais de 80 anos, vencedor de três provas (5000 m, corta-mato e meia-maratona, prova que fez em menos de 1h 47m!) e segundo numa quarta (10 km).

Destaque, nas provas ditas técnicas, para os triunfos de Vânia Silva no martelo e martelão e Edivaldo Monteiro nos 400 m barreiras (ganhou bronze ainda nos 110 m barreiras e 4×100 m). Céu Cunha venceu o pentatlo de lançamentos e foi segunda no dardo. Nas provas de estrada e corta-mato, Davide Figueiredo (M45) somou ouro (meia-maratona), prata (corta-mato) e bronze (10 km) e na marcha Alexandra Lamas ganhou ouro (20 km) e prata (5000 m) e Felicidade Rosa (F35) conseguiu prata (20 km) e bronze (5000 m e 10 km). A mais velha das atletas nacionais, Joaquina Flores (F75), com medalhas de bronze no corta-mato e nos 10 km, chegou às 77 medalhas já conquistadas ao longo de uma carreira de muitos anos, igualando Francisco Vicente, que desta vez ficou em branco em termos de medalhas, com um quarto lugar e dois quintos.

Os países com mais medalhas foram Espanha, com 204 (80 de ouro), a Grã-Bretanha, com 203 (80), e a Alemanha, com 216 (74). Não se devem comparar estes campeonatos aos de alta competição, não só pelo número de provas (muitas das quais com escasso número de participantes) como também (e principalmente…) porque a sua finalidade deve ser bem diferente: uma é alta competição entre profissionais, outra deve ser convívio entre pessoas mais idosas que assim se dedicam a uma atividade salutar. Embora, infelizmente, haja quem exagere…

AS MEDALHAS PORTUGUESAS

Ouro (12):

Nelson Oliveira    M35    10 km estrada    31.53

Edivaldo Monteiro    M40    400 bar.    54,63

Davide Figueiredo    M45    meia-maratona    1.11.32

Seleção masculina    M50    meia-maratona    3.47.55

Bernardino Pereira    M80    5000 m

Bernardino Pereira    M80    corta-mato

Bernardino Pereira    M80    meia-maratona    1.46.17

Vânia Silva    F35    martelo/4kg    56,72

Vânia Silva    F35    martelão    18,34

Sandra Silva    F40    20 km marcha    1.49.52

Alexandra Lamas    F45    20 km marcha    1.57.23   

Céu Cunha    F55    pentatlo lanç.    4266

Prata (12):

Filipe Vital Silva    M35    disco/2kg    54,42

Seleção masculina    M35    20 km marcha    5.30.37

Seleção masculina    M40    meia-maratona    3.45.41

Davide Figueiredo    M45    corta-mato

Seleção masculina    M45    corta-mato

Bernardino Pereira    M80    10 km estrada    47.34

Felicidade Rosa    F35    20 km marcha    2.04.22

Seleção feminina    F35    20 km marcha    6.16.05

Céu Cunha    F55    dardo/500g    35,24

Alexandra Lamas    F55    5000 m marcha    25.56,22

Orlete Mendes    F65    5000 m marcha    30.49,39

Orlete Mendes    F65    10 km marcha    1.02.06

Bronze (13):

Nelson Oliveira    M35    5000 m    15.09,96

Edivaldo Monteiro    M40    110 bar./1m    14,81

Seleção masculina    M40    4×100 m    44,90   

Davide Figueiredo    M45    10 km estrada    32.10

Joaquim Figueiredo    M50    5000 m    15.51,64

Joaquim Figueiredo    M50    10 km estrada    33.42

Abílio Costa    M50    meia-maratona    1.15.03

Francisco Reis    M55    5000 m marcha    23.40,21

Felicidade Rosa    F35    5000 m marcha    27.58,65

Felicidade Rosa    F35    10 km marcha    58.16

Susana Estriga    F40    400 bar.    64,52

Joaquina Flores    F75    corta-mato

Joaquina Flores    F75    10 km estrada    58.46

Deixar Resposta