Portugal sem equipa no Europeu de Seleções de Provas Combinadas, na Madeira

0
721

Com apenas dois atletas em cada uma das provas, Portugal apresentar-se-á este fim-de-semana no Campeonato da Europa de Seleções de Provas Combinadas sem formar equipa, integrado no lote de países que participarão apenas a nível individual. A competição (I e II Ligas) decorrerá mais uma vez na Ribeira Grande, na Madeira, que já foi palco do evento em 2011, 2013 e 2014. A Superliga, que junta as oito seleções mais fortes (Bielorrússia, Espanha, Estónia, França, Grã-Bretanha, Holanda, Suíça e Ucrânia) disputar-se-á em Lutsk, na Ucrânia. Serão seis as seleções a disputar a I Liga (Rep. Checa, Finlândia, Itália, Letónia, Polónia e Suécia), enquanto apenas cinco se apresentarão com um mínimo de três atletas de cada sexo para disputar a II Liga: Bélgica, Dinamarca, Irlanda, Roménia e Turquia. As restantes seleções poderão competir a nível individual, opção feita também por Portugal, que na época passada fora 7º na I Liga, descendo à II.

Portugal apresentará apenas dois decatlonistas, Samuel Remédios e Manuel Dias, e duas heptatlonistas, Lecabela Quaresma e a júnior Mariana Bento. Marisa Carvalho, também selecionada, não competirá. O melhor decatlonista português desta época, o ex-cubano Abdel Larrinaga, ainda não pode representar Portugal. Samuel Remédios, que desistiu na parte final do decatlo nacional, em maio (ia próximo de Larrinaga), tentará completar o seu primeiro decatlo da época. Já Lecabela Quaresma está bem rodada, tendo como melhor 5932 pontos e aspirando a passar os 6000 pontos, ao nível dos seus 6174 pontos de 2017, o seu recorde pessoal.

Deixar Resposta