Portugueses são os terceiros mais rápidos nas longas distâncias… embora estejam mais lentos que há dez anos

0
857

Os corredores de provas populares estão cada vez mais lentos e diminuíram, a nível mundial, 13 por cento nos últimos três anos. Mas Portugal, embora não fuja à regra internacional, é o terceiro país do Mundo onde os corredores de maratona e 10 km são mais rápidos. Estas e muitas outras conclusões são fruto de um estudo da RunRepeat.com, em conjunto com a IAAF, que cobriu 107,9 milhões de resultados de mais de 70 mil corridas realizadas entre 1986 e 2018 em todos os 193 países reconhecidos pelas Nações Unidas.

Como principais conclusões, este estudo aponta:

– A participação nas corridas diminuiu 13 por cento desde 2016, quando houve 9,1 milhões de corredores a cortarem a linha de meta. A exceção é a Ásia, onde o crescimento se mantém.

– Nunca os corredores foram tão lentos (em especial os homens). Em 1986, a média de todos os corredores de maratona foi de 3h 52m 35s, enquanto presentemente é de 4h32m49s, uma diferença de 40m 14s.

– A idade média dos corredores subiu de 35,2 anos em 1986 para 39,3 anos em 2018.

– A Espanha é o país onde os corredores populares são mais rápidos na maratona, enquanto a Rússia detém a liderança na meia-maratona, a Suíça nos 10 km e a Ucrânia nos 5 km. Portugal é terceiro tanto na maratona como nos 10 km. Nos 5 km, prova que se disputa pouco entre nós, Portugal não aparece na classificação e na meia-maratona Portugal é o 15º. Por sexos, Portugal é 1º em femininos e 3º em masculinos nos 10 km e 2º em masculinos e 6º em femininos na maratona.

– Em 2018, pela primeira vez, o número de corredoras superou o de corredores: 50,24% contra 49,76%.

– Os motivos que levam as pessoas a participar nas corridas populares têm vindo a alterar-se: há agora mais pessoas a viajar para correr, os tempos finais são mais lentos e as pessoas mais velhas.

Este estudo, que teve a colaboração da federação internacional (IAAF), cobriu 96 por cento das provas nos Estados Unidos, 91 por cento na Europa, Canadá e Austrália e boa parte das corridas na Ásia, África e América do Sul. Mas foram excluídos os tempos dos corredores de elite (apenas se contabilizaram os dos corredores populares), bem como as provas de marcha, de obstáculos ou de percursos e distâncias não tradicionais.

Gráficos elucidativos:

Número total de participantes de 2001 a 2018

Desde 2001 a 2016, registou-se um acréscimo de participantes nas corridas populares em todo o Mundo, atingindo-se um máximo de 9,1 milhões de resultados. Entre 2016 e 2018, houve um declínio de 13 por cento, para 7,9 milhões. Apesar disso, regista-se um acréscimo de 57,8 por cento nos últimos dez anos (de 5 para 7,9 milhões).

estudo 1

Participação por distância

As provas de 5 km (2,9 milhões) e meia-maratona (2,1 milhões) são as mais concorridas mas foram também aquelas que tiveram maior quebra de participação nos três últimos anos: 25% na meia-maratona, 13% nos 5 km. O número de corredores de 10 km (1,8 milhões) e maratona (1,1 milhão) tem sido mais estável.

estudo 2

Tempos na maratona

Os tempos nas maratonas populares são cada vez mais lentos. Entre 1986 e 2001, passaram de uma média de 3.52.35 para 4.18.56 (mais 15,6%). Desde 2001, aumentou bastante menos, passando para 4.32.49 (+1,4%).

Curiosamente, enquanto nos homens os tempos têm sempre piorado, embora menos nos últimos anos (27 minutos entre 1986 e 2001 e 7 minutos desde 2001), nas mulheres os tempos pioraram bastante entre 1986 e 2001 (38 minutos) mas depois melhoraram 4 minutos até ao presente. Nas outras distâncias (5 km, 10 km, meia-maratona) é generalizado o aumento dos tempos ao longo dos anos, neste caso em ambos os sexos.

estudo 5

estudo 6

Percentagem de mulheres

A percentagem de mulheres na corrida tem vindo a subir de forma consistente, de menos de 20% em 1986 para mais de 50% em 2018. Nas provas de 5 km, a percentagem de mulheres já se aproxima dos 60%. A Islândia é o país com maior percentagem de mulheres na corrida (59%), seguida dos Estados Unidos (58%) e do Canadá (57%).

estudo 20

Estas e muitas outras curiosidades podem ser encontradas no site deste trabalho: https://runrepeat.com/state-of-running

Deixar Resposta