Presidente da Federação Alemã de Atletismo critica regresso do futebol no seu país

0
278

Federação Alemã de Atletismo é a maior do mundo, com 800 mil atletas e  7.500 clubes

O campeonato de futebol da Alemanha, a Bundesliga, regressa este fim de semana. No entanto, alguns dirigentes de outras modalidades do país criticam esta decisão. É o caso do presidente da Federação Alemã de Atletismo, Jurgen Kessing, que considera este regresso “demasiado cedo”, numa entrevista à Sponsors. “Porque deverei manter a minha distância com as outras pessoas quando já se pode voltar a jogar futebol?”, disse o dirigente que até é adepto do futebol e presidente da localidade de Bietigheim-Bissingen. “Neste papel, é difícil dizer às crianças que não podem jogar futebol quando regressa a Bundesliga”.

A Federação alemã é a maior do mundo, contando com 800 mil atletas e um total de 7.500 clubes.

Kessing estima que será no final do ano que se poderá fazer um balanço do impacto económico da pandemia. “É uma grande quantidade de pequenas quantidades”. Os Nacionais alemães estavam previstos para 6 e 7 de Junho mas poderão ser adiados para o final do ano, segundo afirmou Kessing.

Depois do adiamento dos Jogos de Tóquio para 2021, o dirigente alemão pede ainda uma maior implicação política nas restantes modalidades para além do futebol. “Necessitamos de uma voz mais forte”.

Por outro lado, o fundista Oliver Stoll declarou ao programa televisivo Sportschau que “a Alemanha vais estar mais em forma depois da crise. Nunca tinha visto tanta gente a correr”.

Deixar Resposta