Quenianos dominam «Meia» do Porto

Salomé Rocha (6ª) e José Moreira (14º) foram os melhores portugueses

0
2131

Com 10 atletas masculinos (!) e quatro femininos na frente, o Quénia dominou por completo a 11ª edição da Meia-Maratona do Porto, que teve como melhores portugueses Salomé Rocha (6ª) e José Moreira (14º).

No setor masculino, o domínio queniano foi avassalador: 10 primeiros lugares. Os três primeiros chegaram separados por dois segundos, em cima da uma hora de prova. Triunfou Abraham Kiptum, em 1.00.06, a meio minuto preciso do seu recorde pessoal e a 36 segundos do recorde da prova, pertença de Zerzenay Tadesse, com 59.30 em 2011. O segundo foi Marius Kimutai (1.00.07), vencedor da Maratona de Roterdão deste ano com 2.06.04 e com um recorde pessoal (na maratona) de 2.05.47 desde 2016. Fechou o pódio Leonard Langat (1.00.08) e o principal nome em prova, Emanuel Mutai, desiludiu, sendo apenas 9º com 1.03.06.

Boa luta entre os portugueses, com José Moreira (Sporting) a ser o primeiro, repetindo o 14º lugar de há um ano, mas melhorando o tempo: gastara 1.08.27 em 2016 e fez agora 1.07.14. Dois segundos depois, chegou Miguel Ribeiro e seis segundos depois, Daniel Pinheiro.

No setor feminino, o triunfo pertenceu a Monica Jepkoech, com 1.09.23, novo recorde da prova, o qual pertencia à sua compatriota Alice Mogire, com 1.10.23 em 2012. Apenas três segundos depois chegou Vivian Kiplagat, mas depois houve um intervalo de quase três minutos e meio até fechar o pódio. Salomé Rocha foi a melhor portuguesa, em 6º lugar, com 1.14.45, menos 14 segundos que Ana Ferreira e menos 27 que Vera Nunes, 1ª veterana.

Classificaram-se 4756 concorrentes, cerca de meio milhar menos que em 2016 (5285), quando foi batido o número de presenças na meta da meia-maratona.

Classificações:

MASCULINOS

1º Abraham Kiptum (Quénia) 1.00.06

2º Marius Kimutai (Quénia) 1.00.07

3º Leonard Lagat (Quénia) 1.00.08

………………………………………………

14º José Moreira (Sporting) 1.07.14

15º Miguel Ribeiro (Ol. Vianense) 1.07.16

16º Daniel Pinheiro (Maia AC) 1.07.20

17º Jorge Santa Cruz (SC Braga) 1.07.32

18º Ricardo Pereira (J. Serra) 1.08.18

FEMININOS

1ª Monica Jepkoech (Quénia) 1.09.23

2ª Vivian Kiplagat (Quénia) 1.09.26

3ª Antonina Kwambai (Quénia) 1.11.52

……………………………………………….

6ª Salomé Rocha (individual) 1.14.45

7ª Ana Ferreira (Sporting) 1.14.59

8ª Vera Nunes (Benfica) 1.15.12

10ª Mónica Silva (Benfica) 1.15.59

11ª Doroteia Peixoto (A. Montanha) 1.17.03

Veja aqui a classificação completa

Andralino em Cascais, Nelson Cruz na Autoeuropa e Samuel Freire na Amadora

Várias outras corridas animaram este domingo. Na Corrida Volkswagen, em plena Autoeuropa, triunfaram Nelson Cruz (Cl. Pedro Pessoa) e Inês Marques. Entre Cascais e Carcavelos, na Corrida da Linha, ganharam dois sportinguistas, Andralino Furtado e Ksenia Bougrova. E na Amadora, na Corrida do Aqueduto, venceram Samuel Freire (Benfica) e Cláudia Pereira (GFD).

Eis os pódios:

CORRIDA VOLKWAGEN (Autoeuropa)

Masculinos:

1º Nelson Cruz 31.08

2º Miguel Marques 31.22

3º Marco Teixeira 31.59

Femininos:

1ª Inês Marques 36.05

2ª Sara Carvalho 37.09

3ª Mónica Moreiras 39.32

(882 classificados; classificação aqui)

CORRIDA DA LINHA (Cascais)

Masculinos:

1º Andralino Furtado 33.07

2º Pedro Arsénio 33.08

3º Carlos Cardoso 33.29

Femininos:

1ª Ksenia Bougrova 38.30

2ª Alexandra Sousa 38.59

3ª Cristina Garcia 40.49

(1383 classificados; classificação aqui)

CORRIDA DO AQUEDUTO (Amadora)

Masculinos:

1º Samuel Freire 32.33

2º Carlos Silva 33.08

3º Hugo Ganchas 33.17

Femininos:

1ª Cláudia Pereira 38.31

2ª Margarida Dionísio 39.10

3ª Sandra Protásio 40.40

(classificação aqui)

Deixar Resposta