Raidel Acea (46,70) e Diogo Ferreira (5,40) foram os melhores em Vigo

0
1104

Algumas dezenas de atletas portugueses estiveram este sábado no tradicional Trofeo Alfonso Posada, em Vigo, em homenagem a um dirigente do atletismo da Galiza que no século passado facilitou sempre , a presença de atletas portugueses nos torneis locais. Os benfiquistas Raidel Acea, vencedor dos 400 m em 46,70, e Diogo Ferreira, que passou 5,40 na vara (falhou depois a 5,51), estiveram em particular evidência, mas também se registaram vitórias de Rui Coelho, com 20.32,37 nos 5000 m marcha; de Catarina Queirós, com 14,31 nos 100 m barreiras (v:+0,9); de Beatriz Batista, com 3,60 na vara (Marta Onofre iniciou a prova a 4,00 e não passou); e Lucinda Gomes no comprimento, com 6,04 (+0,7).

Destaque ainda para os 10,71 (v:+1,8) de Edi Sousa na eliminatória de 100 m  (foi 3º com 10,81 na final); para os 3.49,04 de Fernando Serrão nos 1500 m (foi 2º); para os 4,90 (recorde pessoal) de Carlos Pitra e 4,75 de Gonçalo Uva na vara; para os 7,50 (v:+1,3) de Abdel Larrinaga (3º) e 7,44 (+0,9) de Ivo Tavares no comprimento; para os 12,22 (v:+1,5) de Shaina Mags nos 100 m (foi 2ª); para os 58,52 de Vera Lima nos 400 m (2ª); para os 4.38,00 de Maria Carvalho nos 1500 m (3ª); e para os 5,68 (v:+0,9) de Suzana Cruz no comprimento (3ª).

Entretanto, na sexta-feira, em Kladno, na República Checa, Liliana Cá ganhou a prova de disco com 57,33, enquanto Jéssica Inchude foi 2ª no peso, com 17,04, à frente de Eliana Bandeira, 3ª com 15,57. No peso masculino, tanto Tsanko Arnaudov (5º com 19,70) como Francisco Belo (6º com 19,41) ficaram bem aquém da sua valia.

Deixar Resposta