Recordista mundial Kosgei ganha Maratona de Londres, com portuguesas desistentes

0
96

A queniana Brigid Kosgei, recordista mundial (2.14.04 em Chicago’2019), foi a vencedora da Maratona de Londres, cuja 40ª edição, realizada este domingo, sem público a assistir, foi reservada à elite e teve a partida da prova feminina às 7.15 horas da manhã. Kosgei isolou-se depois dos 30 km e ganhou em 2.18.58 e com mais de três minutos de vantagem sobre a surpreendente norte-americana Sara Hall, que bateu o seu recorde pessoal com 2.22.01 e deixou a quatro segundos a campeã mundial Ruth Chepngetich.

As portuguesas Salomé Rocha e Catarina Ribeiro desistiram, a primeira depois dos 30 km e a segunda já não passando aos 15 km.

Brigid Kosgei andou sempre no grupo da frente e passou à meia-maratona em 1.08.13, gastando depois 1.10.45 na segunda metade. Sara Hall, que na época passada melhorara substancialmente o recorde pessoal ao fazer 2.22.16 em Berlim (foi 5ª), melhorou agora 15 segundos. Passou em 9º lugar à meia-maratona, com 1.10.27, e fez 1.11.34 na segunda metade.

Salomé Rocha estava a fazer uma boa prova, tendo passado à meia-maratona em 14º lugar, com 1.12.26, em andamento de recorde pessoal (2.24.47 no ano passado). Mas quebrou depois disso: começou com léguas a 17 minutos e pouco e gastou 17.55 dos 20 para os 25 km e 18.45 dos 25 para os 30 km. Quanto a Catarina Ribeiro, passou em 36.02 aos 10 km (quase dois minutos mais que Salomé) e desistiu a caminho dos 15 km de prova.

A maratona masculina iniciou-se às 10.15 horas, três horas depois da feminina.

Deixar Resposta