Rui Pinto (em Inglaterra) e Diogo Antunes (em Lisboa) com melhores marcas nacionais do ano

3
1991

Registaram-se duas melhores marcas nacionais do ano este fim-de-semana, marcado pelo Nacional de Juvenis e pela presença de alguns dos melhores juniores nacionais num meeting na Alemanha. Em Loughborough, o benfiquista Rui Pinto foi terceiro numa prova de 5000 m com um recorde pessoal de 13.46,11 (tinha 13.48,80 já esta época, em Huelva), que passa a ser a melhor marca nacional deste ano. No Campeonato de Lisboa, Diogo Antunes ganhou os 200 m em 21,23 (v:+0,7), melhor marca nacional do ano (e que fica à beira do top’20 nacional de sempre), Ele tinha como recorde pessoal 21,52 desde 2014, o que significa uma progressão de 29 centésimos!

Este foi uns raros pontos altos (ou menos baixos…) de um muito fraco Campeonato de Lisboa, competição que continua a não conseguir mobilizar os melhores atletas nacionais (e dos clubes lisboetas). Dos melhores atletas nacionais do ano em cada especialidade (e todos eles de clubes lisboetas), apenas compareceram Olímpia Barbosa (13,72 nas barreiras) e Vânia Silva (57,92 no martelo). De resto, referência para Dário Manso (66,79 no martelo), para o brasileiro (do Benfica) João Oliveira (13,98 nas barreiras) e para Francisco Barreto e Samuel Remédios (2,02 na altura) e, no mais rico em presenças setor feminino, Filipa Martins (24,67 nos 200 m e 54,40 nos 400 m), Cátia Pereira (4,00 na vara), Francislaine Serra (15,43 no peso – recorde pessoal), Liliana Cá (57,29 no disco) e Jéssica Barreira (46,72 no dardo – recorde pessoal).

MELHORES MARCAS NACIONAIS DO ANO (ar livre)

MASCULINOS PROVAS FEMININOS
Carlos Nascimento SCP 10,13 100 m Lorène Bazolo SCP 11,53
Diogo Antunes SLB 21,23 200 m Lorène Bazolo SCP 23,47
Vítor Ricardo Santos SLB 46,09 400 m Cátia Azevedo SCP 52,29
José C. Pinto SLB 1.49,26 800 m Marta Pen SLB 2.03,95
Paulo Rosário SCP 3.42,90 1500 m Marta Pen SLB 4.05,69
Rui Pinto SLB 13.46,11 5000 m Catarina Ribeiro SCP 15.51,05
Samuel Barata SLB 28.24,85 10000 m Sara Moreira SCP 32.10,50
André Pereira SLB 8.39,19 3000 ob. Emília Pisoeiro RDA 10.14,62
Hélio Vaz SLB 14,42 110/100 b Olímpia Barbosa SCP 13,67
Diogo Mestre SLB 50,39 400 bar. Andreia Crespo SCP 58,96
Paulo Conceição SLB 2,13* altura Anabela Neto SCP 1,84
Diogo Ferreira SLB 5,66 vara Eleonor Tavares SCP 4,30*
Ivo Tavares SLB 7,89 comp. Evelise Veiga SCP 6,54
Pedro Pichardo SLB 17,95 triplo Susana Costa AcFR 14,01
Tsanko Arnaudov SLB 20,48* peso Jéssica Inchude SCP 17,46
Edujose Lima SCP 57,65 disco Irina Rodrigues SCP 62,37
António Vital Silva SLB 73,26 martelo Vânia Silva SCP 63,65
Leandro Ramos SLB 73,61 dardo Sílvia Cruz SCP 48,25
Pedro Ferreira SCP 6226 dec/hept. Lecabela Quaresma JV 5901
João Vieira SCP 1.22.06 20 km M Inês Henriques CNRM 1.29.15
Pedro Isidro SLB 4.11.25 50 km M Sandra Silva CFOD 5.08.13
Daniel Pinheiro Ag.A 2.17.57 maratona Salomé Rocha SCP 2.31.01
SL Benfica SLB 39,61 4×100 m Sporting CP SCP 44,91
SL Benfica SLB 3.10,12 4×400 m J Vidigalense JV 3.57,04*
* Melhores marcas em pista coberta:
Masculinos: altura – Victor Korst (SLB) 2,14; peso – Tsanko Arnaudov (SLB) 21,27
Femininos: vara – Marta Onofre (SCP) 4,30;  4×400 m – Seleção Nacional 3.35,43

3 Comentários

    • Caro Arlindo,
      Obrigado pelas chamadas de atenção. Já corrigimos os erros.
      Cumprimentos,
      Manuel Sequeira

  1. A líder do Triplo feminino é a Susana Costa com 14,01 em Montreuil e não a Evelise.

     14m05(+3.1) / X(+0.6) / 14m01(+1.6) / …

Deixar Resposta